Autoridades britânicas ensaiam funeral da rainha, diz jornal

465

Um grupo de autoridades britânica participou de um ensaio para as cerimônias e os procedimentos para o caso da morte da Rainha Elizabeth 2ª. A informação foi revelada pelo jornal britânico The Sunday Times. De acordo com a publicação, a morte da monarca prevê 10 dias de luto nacional. No entanto, o foco do ensaio foi exatamente o dia seguinte da possível morte, batizado de ‘D+1’. Hoje aos 92 anos, a Rainha Elizabeth 2ª tem a posse da coroa britânica desde fevereiro de 1952 e recentemente precisou desmarcar um evento oficial por problemas de saúde. O ocorrido chamou atenção principalmente pelo fato de, ao longo de seus 66 anos no trono, a rainha ter chamado atenção por sua saúde de ferro.

Segundo o The Sunday Times, para o ensaio realizado recentemente, foram envolvidos funcionário e assessores próximos da monarca. Teria sido a primeira vez que políticos e funcionários civis estiveram presentes em uma mesma sala para discutir os planos sobre a possível morte. Em meio aos planos consta o pronunciamento do Primeiro Ministro britânico à nação anunciado o possível incidente.

O contato do jornal inglês classificou o ensaio como um evento de escala “sem precedentes” na história recente do Reino Unido. Sobre a ausência da Rainha no evento realizado na semana passada na Catedral de St. Paul, os assessores da Família Real afirmaram: “A Rainha está abalada por conta do clima e optou por não estar presentes nos serviços de hoje Catedral de St. Paul marcando os 200 anos da Ordem de Michael de St. George”.

COMPARTILHAR