Bahia vence e fica perto do G4

14

bahia-x-criciumaO Esquadrão cumpriu o papel de mandante, derrotou o Criciúma por 2 a 0 e segue colado no grupo dos quatro líderes da Série B  na 5ª posição um ponto atrás do Brasil de Pelotas.

Na próxima rodada, novamente contra um adversário direto, o Tricolor de Aço visita o Londrina, na terça-feira (4), às 19h15, no Estádio do Café.

Partida

Com a bola rolando, como era esperado, o Tricolor foi quem tomou a iniciativa do jogo. Aos 13 minutos, o volante Juninho arriscou de longe e mandou para fora. Pouco depois, em cruzamento de Eduardo, o centroavante Hernane antecipou a marcação e desviou para linha de fundo.

Aos 29, de muito longe, o volante Luiz Antônio tentou abrir o placar e esbarrou na defesa de Luiz, que mandou a bola para escanteio. O Tricolor insistiu. Edigar Junio fez jogada individual, entrou na área e tocou para o meio da área. O goleiro Luiz deu rebote e entregou nos pés de Juninho, que apareceu livre e mandou por cima.

Segundo tempo

O jogo recomeçou com o Esquadrão em cima, primeiro, com o lateral direito Eduardo. O camisa 2 finalizou e o goleiro do tigre defendeu. Logo em seguida, em boa tabela com Hernane, o atacante Allano entrou na grande área e finalizou para fora.

Só dava Bahia. Aos 23, Renato Cajá mandou uma bomba no meio e o arqueiro adversário evitou um golaço. O grito de gol saiu da garganta da Nação Tricolor, aos 29 minutos. A jogada começa pela esquerda com Moisés, que passa para Régis, autor de uma bela assistência para Victor Rangel. O camisa 18 domina e bota o Esquadrão na frente.

bahia-x-criciuma-01Com o resultado na mão, o Bahia levou um grande susto. Aos 39, o Criciúma armou um rápido contra-ataque e o atacante Hélio, já sem goleiro, desviou em direção ao gol. No entanto, antes dela entrar, o zagueiro Tiago deu um carrinho e salvou o Tricolor.

Edigar Junio, nos minutos seguintes, teve duas excelentes chances. Na primeira, ele testou na trave e a segunda oportunidade, também de cabeça, passou tirando tinta da trave esquerda. Aos 41, com outro passe de Régis, o volante Luiz Antonio aproveitou o contra-ataque e marcou o segundo gol do Tricolor, tocando na saída do goleiro Luiz. A bola desviou no zagueiro e enganou o camisa 1, que só viu a bola no fundo da rede.

COMPARTILHAR