Baiano disputa final de canoagem na Olimpíada

37

Simbolo Olímpico 02Com o tempo de 3m59s615, o brasileiro Isaquias Queiroz venceu hoje (15) a segunda bateria da canoagem de velocidade e está classificado para a final. O tcheco Martin Fuksa e o russo Ilia Shtokalov chegaram logo depois e ainda terão de passar pelas semifinais da modalidade.

Um dos principais rivais do brasileiro na final será o alemão Sebastian Brendel, que concluiu a primeira bateria da canoagem de velocidade hoje em primeiro lugar, com o tempo de 3m58seg044. A disputa vai ocorrer amanhã (16).

Outro baiano no boxe

Robson Conceição 01O boxeador Robson Conceição venceu hoje (14) o cubano Lázaro Alvarez na semifinal e vai disputar a medalha de ouro na categoria peso ligeiro (60 kg) na Olimpíada. Com a vitória, Conceição já garantiu a prata na modalidade. A final será na terça-feira (16). O adversário ainda não foi definido.

Durante a luta deste domingo, Conceição partiu para o confronto contra o cubano. Apesar de perder por pontos o primeiro round, o brasileiro se recuperou de um cruzado direto, que abriu um corte no supercílio, e passou a travar a luta com vários clinches. Nos últimos 30 segundos do terceiro round, Robson Conceição deu vários golpes no cubano e conseguiu a vitória por unanimidade.

O lutador é natural de Salvador e é treinado por Luís Cláudio Dórea, o mesmo que preparou Acelino Popó Freitas, ex-campeão mundial, e tem histórico de medalhas em torneios internacionais. Em 2011, ganhou prata nos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara (México), foi ouro no Campeonato Continental Pan-Americano, disputado em 2013, no Chile, e bronze, no mundial da modalidade, realizado em 2015, no Catar. Agora, o atleta disputa a terceira Olimpíada seguida (Pequim 2008 e Londres 2012).

COMPARTILHAR