Brasileiro: Bahia enfrenta adversário direto

364
Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

Com um treinamento técnico no sábado (3), o elenco tricolor encerrou a preparação para enfrentar a Chapecoense neste domingo (4), às 18h de Salvador, na Fonte Nova. A partida é válida pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Na 13ª posição om 37 pontos, o Bahia enfrenta a primeira equipe da zona de rebaixamento com 34, mas um alto saldo negativo de gols, menos 15. Se vencer, além de subir na classificação, o Tricolor fica mais próximo dos 46 pontos que garantem permanência no Brasileiro.

Antes de a bola rolar no campo, o técnico Enderson Moreira reuniu todo o elenco na academia para uma longa conversa com todos.

Já no gramado, o treinador aplicou um trabalho de posse de bola utilizando metade do campo.

Depois, o grupo aprimorou finalizações, com um trabalho em que os laterais cruzavam na área e os atacantes concluíam em gol.

Na parte final, a equipe ainda passou por um intenso treinamento de bolas paradas, com foco principal nas faltas laterais e escanteios.

O atacante Gilberto, recuperando-se da lesão no joelho, ficou no departamento médico.

Após o trabalho, os atletas seguiram para a concentração e ficarão lá até horas antes do jogo.

Homenagem

Ao longo de 2018 o Bahia já realizou ações em homenagem à luta dos povos indígenas (jogo contra o Atlético-PR), das pessoas com deficiência (Palmeiras) e das mães com filhos desaparecidos (São Paulo), assim como iniciativas contra intolerância religiosa, machismo e homofobia, entre outros temas.

Desta vez, o Tricolor aproveitar a partida de hoje (4), diante da Chapecoense, para destacar o início do Novembro Negro, o mês nacional da Consciência Negra.

O período é dedicado à reflexão sobre a inserção do povo negro na sociedade brasileira e a data exata (20/11) foi escolhida por coincidir com a morte de Zumbi dos Palmares, em 1695.

Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

COMPARTILHAR