Brasileiro: Vitória goleado pelo São Paulo

214
Fotos: André Hiltner / EC Vitória

A partida marcou a abertura da 12ª rodada do Campeonato Brasileiro

Com a segunda vitória seguida e o terceiro jogo sem derrota, o São Paulo chegou aos 23 pontos e assumiu a vice-liderança pelo menos até hoje, quando o Atlético-MG recebe o Ceará e pode passar o Tricolor.

O Flamengo é o líder com 26. Já o Vitória, que havia vencido a Chapecoense e empatado com o Corinthians, voltou a perder e estacionou nos 12 pontos. Na 15ª colocação, o Leão corre o risco de entrar na zona de rebaixamento no complemento da rodada.

Esqueceram Nenê

Como era de se esperar, o São Paulo começou a partida controlando as ações, mas encontrava dificuldades para furar a defesa rubro-negra. Tanto que o primeiro lance de perigo foi criado pelo Vitória aos 17 minutos. Rhayner tabelou com André Lima e bateu cruzado para defesa de Sidão. No rebote, Wallyson chutou para fora. O Tricolor, porém, foi eficiente e abriu o placar aos 21 minutos com um golaço de Nenê.

O meia dominou a bola, aplicou um chapéu no marcador e bateu colocado por cobertura de Elias, que se esticou todo e não conseguiu fazer a defesa. O Vitória levou perigo pelo alto aos 29. Jeferson cruzou na marca do pênalti e André Lima deu uma casquinha de cabeça nas mãos de Sidão. A situação rubronegra ficou ainda pior nos minutos finais do primeiro tempo.

Yago expulso

Em falta cometida na entrada da área, Yago foi expulso depois do árbitro ver agressão em Nenê, que recebeu apenas amarelo. Por reclamação, Neílton e Rhayner também foram amarelados.

Aos 42 minutos, Everton tentou o cruzamento e a zaga cortou parcialmente.

A bola voltou para o meia, que rolou para Nenê finalizar rasteiro no cantinho e marcar o seu segundo gol na partida.

Quase

Já nos acréscimos, Lucas Fernandes aproveitou passe errado do Vitória e soltou a bomba de fora da área. A bola raspou a trave de Elias, que estava batido no lance e apenas ficou na torcida.

Na sequência, Reinaldo cortou errado e André Lima bateu para defesa de Sidão. No rebote, Neilton chutou e o lateral tirou gol quase certo.

Fechou

Na volta do intervalo, o São Paulo não diminuiu o ritmo e precisou de oito minutos para transformar a vitória em goleada. Lucas Fernandes cruzou, a bola desviou em Jeferson e sobrou para Everton bater de primeira no cantinho de Elias. Na sequência, Reinaldo recebeu de Everton e chutou de primeira. A bola passou raspando a trave.

O Vitória não conseguia assustar Sidão e era totalmente dominado pelo São Paulo. Aos 18, Hudson arriscou de muito longe e Elias se atrapalhou na hora de segurar a bola. Depois, Reinaldo soltou a bomba de fora da área e assustou o goleiro rubro-negro.

Aos poucos, o técnico Diego Aguirre foi colocando alguns jovens jogadores em campo, como Brenner e Caíque.

Aos 31 minutos, Lucas Fernandes recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso pelo lado do São Paulo, deixando, assim, os dois times com o mesmo número de jogadores. O Tricolor ainda teve um gol anulado. O bandeirinha viu impedimento de Reinaldo, que cruzou para Liziero marcar. No último lance de perigo, Neílton chutou cruzado e Sidão defendeu sem dar rebote.

Próximos jogos

Por conta da pausa para a Copa do Mundo, os dois times só voltam a campo no dia 18 de julho, pela 13ª rodada. O São Paulo enfrenta o Flamengo, às 21h45, no Maracanã, no Rio de Janeiro, enquanto o Vitória recebe o Paraná, às 21 horas, no Manoel Barradas, em Salvador.

COMPARTILHAR