Brasileiro: Vitória perde a quarta partida seguida; a segunda em casa

244

O Santos nem precisou brilhar para vencer o Vitória por 1 a 0 na noite desta sexta-feira, em Salvador, e ficou mais perto de entrar no G-6, zona de classificação para a Libertadores da América em 2019. O gol foi marcado por Carlos Sánchez, aos oito minutos.

O Vitória perde a quarta partida seguida no Brasileiro. Antes foi para  para Ceará e Internacional fora e Botafogo em casa.

 O Vitória segue em 17º, com 29 pontos e na zona do rebaixamento. Com os três pontos na Bahia, o Peixe agora é o sétimo colocado, com 39 pontos, seis atrás do Atlético-MG.

Na próxima roda, o Leão visitará a Chapecoense, no dia 14. O Alvinegro voltará a campo para enfrentar o Corinthians, em clássico no dia 13, no Pacaembu.

O jogo

A proposta do Santos foi clara desde o primeiro minuto: se postar na defesa e buscar o contra-ataque. E deu certo. Já aos oito minutos, Yago errou na saída de bola, Dodô virou para Carlos Sánchez e o meia arriscou de fora da área. O chute desviou em Lucas Ribeiro e matou o goleiro Ronaldo.

O gol poderia ter dado tranquilidade para o Peixe, mas não foi assim: os visitantes não tiveram controle do jogo, que ficou aberto, e o Vitória teve chances para empatar, como no chute de Yago no travessão, aos 22 minutos.

Com espaços, o ataque santista alternou entre a lentidão e a displicência e desperdiçou oportunidades, principalmente com Gabigol. Aos 39, Diego Pituca lançou, Bruno Henrique ganhou pelo alto e o artilheiro do Campeonato Brasileiro, sozinho na entrada da área, demorou para reagir – tempo suficiente para Jeferson cortar.

Pressão

O Vitória voltou melhor para o segundo tempo e, durante os 20 primeiros minutos, não viu o Santos atacar. Os donos da casa, porém, esbarraram na falta de criatividade no meio-campo.

Depois de sucessão de cruzamentos do Peixe entre os minutos 20 e 23, os baianos quase empataram. Aos 25, Alison desviou cruzamento para trás e o goleiro Vanderlei fez grande defesa. Na sequência, Lucas Fernandes fez fila e foi travado de forma providencial por Diego Pituca no momento da finalização.

Aos 36 minutos, Maurício Cordeiro deixou o braço em Diego Pituca e foi expulso. Mesmo assim, o Vitória não abdicou do ataque e buscou o gol até o fim – sem sucesso. O Santos, mesmo sem inspiração, garantiu os três pontos para levar na bagagem.

Ficha Técnica

Vitória 1 x 0 Santos

Local: Manoel Barradas, em Salvador (BA)

Data: 5 de outubro de 2018, sexta-feira

Horário: 21h30 (de Brasília)

Árbitro: Daniel Nobre Bins (RS)

Assistentes: Mauricio Coelho Silva Penna e Michael Stanislau (RS)

Público: 7.478 / R$ 57.716,00

Cartões amarelos: VITÓRIA: Ramon e Fabiano. SANTOS: Alison e Carlos Sánchez.

Cartão vermelho: Mauricio Cordeiro

Gol: Santos: Sánchez, aos 8 do 1T;

Vitória: Ronaldo, Jeferson, Ramon, Lucas Ribeiro e Fabiano; Willian Farias, Rodrigo Andrade (Maurício Cordeiro) e Yago (Lucas Fernandes); Erick (Wallyson), Rhayner e Léo Ceará

Técnico: Carpegiani

Santos: Vanderlei, Victor Ferraz, Luiz Felipe, Gustavo Henrique e Dodô; Alison (Renato), Diego Pituca e Carlos Sánchez; Derlis González (Rodrygo), Bruno Henrique (Bryan Ruiz e Gabigol

Técnico: Cuca

COMPARTILHAR