Brasileiro: Vitória treina marcação individual

118
Foto: Maurícia da Matta / EC Vitória

Um trabalho foi intenso e individualizado. O Vitória retomou os trabalhos na terça-feira (3), à tarde, focando novamente nas partes física e técnica. Além do trabalho de aquecimento, os atletas rubro-negros iniciaram os trabalhos com um core, treino de fortalecimento direcionado a partes específicas do corpo.

Já sob os cuidados do técnico Vagner Mancini, o grupo voltou a fazer um quadrado de confrontos individuais, com saídas rápidas de bola, durante um minuto de muita intensidade. O tradicional confronto mano a mano. Na última parte, o desafio permaneceu, mas desta vez com quatro atletas de cada lado, sempre com a presença dos goleiros.

Walisson Maia e Nickson seguem na transição com auxiliar de preparação, Lucas Penha. Além de Willian Farias e Juninho, o meia Rhayner, com dores no punho, além do atacante Wallyson, com uma canelite, continuam em tratamento no departamento médico.

Recuperado de lesão na coxa, o lateral Bryan não esconde o desejo de retornar aos gramados. “Período difícil, chato. A gente quer estar dentro de campo, trabalhando. Eu vinha em um momento bom. É chato ficar parado esse tempo, mas é do futebol, acontece. O pensamento total é de melhorar, recuperar logo. Hoje em dia, com tratamento finalizado, graças a Deus estou bem. Se tivesse jogo, queria estar lá dentro. É um momento que a gente de fora torce muito. Eu vendo o jogo sofro muito mais que estando dentro de campo. Agora temos a sequência no dia 18 e somar cada vez mais”, disse.

O grupo retorna aos treinos nesta quarta-feira (4), em dois turnos.

Foto: Maurícia da Matta / EC Vitória

COMPARTILHAR