Cães ajudam realizar a maior apreensão de cocaína da Bahia

181
Foto: Divulgação SSP / BA

Três cães da Coordenação de Operações Especiais (COE) da Polícia Civil ajudaram a localizar 1,5 tonelada de cocaína, na tarde de segunda-feira (18), durante ação conjunta com a Polícia Federal, Receita Federal e Guarda Portuária. Funk e Jade, ambos da raça cocker spaniel, e Troy, pastor alemão, farejaram a droga, avaliada em cerca de R$ 23 milhões, que estavam em mochilas, dentro de fardos de PVC.

A maior apreensão de cocaína realizada, na Bahia, aconteceu no Porto de Salvador. A carga de entorpecente estava escondida em contêineres, que tinham como destino final países europeus. A PF solicitou o apoio da COE, com os cães farejadores.

“Temos uma relação antiga com a PF e também com a Receita Federal. Há anos promovemos ações, no Aeroporto Internacional de Salvador”, lembrou o coordenador do Canil da Coe, investigador Luís Fernando Bastos Figueiredo. O policial civil reforçou que a unidade está sempre à disposição de outras instituições.

Fonte: SSP / BA

COMPARTILHAR