Candeias: Bom Jorge assume a Prefeitura

203

IMG-20160720-WA0023O vice-prefeito de Candeias, Jorge Luiz Tavares Bordoni, o Bom Jorge, é casado, tem 46 anos, administrador de empresas, assumiu na tarde de quarta-feira, 20, o cargo interino de Prefeito da cidade com o afastamento do Sargento Francisco por determinação da Justiça Federal em razão de pedido do Ministério Público Federal, na terça-feira.

Bom Jorge foi eleito vice em 2012 na chapa vencedora representando o PRB, mas em conversa com o alcaide afastado migrou para o PSD, este ano, para facilitar a indicação como candidato da situação a prefeito de Candeias, o que acabou não acontecendo.

A solenidade, inicialmente marcada para hoje, 21, às 14h, pelo presidente da Câmara, Gil Soares, foi antecipada por determinação do juiz Avio Mozar, responsável pela ação que tira do cargo o sargento por 180 dias, e cujo prazo que termina depois do fim do mandato em 31 de dezembro próximo. Hoje, será realizada a solenidade de posse na Câmara Municipal.

Além de alguns secretários, como Jackson Oliveira, de Governo, Graça Ferreira, da Administração, Jerolino Mascarenhas, de Finanças, e diretores, prestigiaram o ato os vereadores Ivan do Prateado, hoje de oposição, e Dr. Pitagoras também oposicionista, que é pré-candidato a prefeito na próxima eleição.

Afastamento

Chico-7-Poses-01-150x150A pedido do Núcleo de Combate à Corrupção do Ministério Público Federal (MPF) na Bahia, a Justiça Federal decretou o afastamento do prefeito e da secretária de Saúde de Candeias/BA, Francisco Silva Conceição e Lindinalva Freitas Rebouças, por 180 dias, em ação civil pública por atos de improbidade administrativa proposta pelo MPF, em razão de malversação de recursos do SUS (Sistema Único de Saúde). A Justiça também decretou, liminarmente, a pedido do órgão, o bloqueio de mais de 150 milhões de reais dos envolvidos nas irregularidades. As decisões foram tomadas em duas ações movidas pelo MPF na Bahia, a partir de relatórios da Controladoria Geral da União que apontam danos ao patrimônio público e enriquecimento ilícito dos acusados (Processos nºs 13828-33.2016.4.01.3300 e 12934-57.2016.4.01.3300).

Nas ações propostas, os gestores públicos e os responsáveis pelo Instituto Médico Cardiológico da Bahia e pelo Centro Médico Aracaju EIRELI EPP são acusados da prática de atos de improbidade administrativa, tendo em vista o direcionamento das contratações para terceirização da gestão da saúde no município e do mau uso de mais R$50 milhões do Ministério da Saúde, pagos por despesas não comprovadas.

Ainda cabe recurso.

Situação da Prefeitura

Chico 08O prefeito em exercício vai encontrar uma entidade com débitos a muitos fornecedores e atraso nas poucas obras em execução ou que estão paralisadas.

Pelo que comentam fornecedores nos bastidores, o não pagamento em alguns casos chega a atingir 4 a 6 meses.

Metade das escolas está sucateada, os postos médicos praticamente não funcionam, quase 90% das ruas estão esburacadas e obras como as Casas do Sarandi, da Estrada da Vergonha, na entrada prefeitura, da Biblioteca Municipal entristecem os Candeenses.

Apesar de alegar queda na receita, Candeias é a 7ª que mais arrecada na Bahia com R$ 276 milhões em 2015, últimos dados que chegaram ao TCM – Tribunal de Contas dos Municípios.

Politicamente, a pesquisa publicada há uma semana indicava uma rejeição de 87% da população ao trabalho do Sargento na Prefeitura, que deixa como entrou.

COMPARTILHAR