Candeias: Prefeitura nomeia aprovados antes de cumprir etapas

52

Mais uma vez a administração de Candeias, uma das que mais erram na publicação de decretos, editais e no Diário Oficial Eletrônico, cometeu um erro no Concurso Público para a Educação ao nomear, na segunda-feira (27), todos os aprovados e classificados antes dos mesmos de apresentarem, conforme o edital do Concurso publicado no dia 12 de fevereiro de 2016, os documentos de acordo com a convocação também parte do evento como publicação no dia 16 de junho de 2016.

Na segunda-feira, dia da apresentação dos aprovados para Auxiliar de Ensino – os 155 aprovados – uma verdadeira confusão se formou na secretaria de Educação, na Rua Dom Jerônimo Tomé, s/n, Centro, no Espaço Taberna.

Jair CardosoAlém dos aprovados, também outras dezenas de classificados foram entregar a documentação e quem chegou por volta das 8h deixou as dependências da secretaria por volta das 18h, depois de muitas idas e vindas, entrega aqui e lá num verdadeiro labirinto.

O detalhe é que muitos dos aprovados na função de Auxiliar de Ensino que não conseguiram entregar os documentos no prazo – dia 27 – o fizeram no dia seguinte mesmo sem receber senhas.

Isso gerou protestou contra essas cerca de 25 pessoas.

Na secretaria, eram poucas as informações mesmo porque o Concurso foi “organizado” pela secretaria de Administração na gestão da primeira-dama, Rosineide Silva, já exonerada.

Segundo fontes que estiveram na “confusão”, o secretário de Educação, Jair Cardoso, que também é advogado, disse que não podia responder pela organização e nomeação por ser função de outra pasta.

O fato foi comunicado ao Ministério Público de Candeias, que deve avaliar a questão.

Nas disposições finais do concurso, fica claro que a entrega da documentação e exames é fase “eliminatória”, ou seja, candidato que não cumprir seria alijado.

Aberração

O incrível é que na segunda-feira, dia 27, a edição de n° 1.297, do DOEM, já trazia pessoas nomeadas para as funções de Professores, Coordenadores Pedagógicos e Psicólogos que ainda precisam cumprir umas das etapas importantes – entrega de documentação e de exames médicos – nos dias 28 e 29, terça e quarta-feira.

E mais, a entrega dos documentos é uma das etapas. A documentação precisaria passar por simples avaliação e checagem para a confirmação dos dados.

Ou seja, pessoas que foram aprovadas precisavam cumprir outra etapa para serem nomeadas, principalmente, e os classificados que não precisariam necessariamente entregar a documentação agora e, sim, quando fossem chamados para tomar posse.

Obs.: O Doem de 29/09/216 publica novamente 4 (quatro) erratas

COMPARTILHAR