FBF: Candidato Ademir Ismerim afirma: “é preciso abrir a caixa preta”

44

Nas últimas semanas um assunto que repercussão no noticiário esportivo da Bahia, é a eleição para a Presidência da Federação Bahiana de Futebol (FBF). Isso pelo fato de que o advogado Ademir Ismerim lançou a candidatura para concorrer ao cargo que pertence a Ednaldo Rodrigues há cerca de 17 anos.

Em entrevista no programa “OS Donos da Bola”, da TV Band Bahia, canal 7, com Juliana Guimarães, desta terça-feira (13), Ismerim falou um pouco sobre a decisão de concorrer ao cargo e algumas dificuldades que tem encontrado para isso.

“Eu relutei muito em aceitar esse encargo de disputar a Federação, porque é uma situação complicada. O atual gestor está aí como presidente há 17 anos, quando ele soube da nossa candidatura, no ano passado, tratou de reunir uma meia dúzia de pessoas e modificou o estatuto dificultando mais ainda. Para se ter uma ideia, a eleição, pelo estatuto antigo, podia ser feita nos seis meses anteriores ao encerramento do mandato dele, isso foi ampliado para um ano. Então ele pode fazer a eleição hoje ou amanhã, basta publicar um edital, com oito dias”, declarou.

O candidato também revelou algumas outras situações que o fizeram precipitar a campanha.

“Nós precisamos de 20% de assinaturas (de votantes, para concorrer), mas eu não sei quanto seria esses 20%. Nós pedimos inclusive à Federação, oficialmente, que fornecesse a cópia do estatuto e ele negou dizendo que estava no cartório e que era público. Nós tivemos que ir no cartório tirar e me parece que na lista que está no cartório registrada tem 146 votantes, quer dizer, mas tem muitos que tem mais de um voto por exemplo o Bahia tem seis votos, o Vitória tem 5 pelos critérios… Mas na verdade é uma caixa preta que a gente não sabe muito. Mas nós estamos trabalhando”, afirmou o candidato.

Ismerim também chegou a falar da importância da sua candidatura para que as eleições da FBF possam ser cada vez mais amplamente discutidas.

“Diria até o seguinte, em 20 anos de Federação, nesses 20 dias de campanha que a gente está se movimentando, se ouviu falar muito mais de eleição de Federação do que nos 20 anos que temos aí”, finalizou.

http://entrandonaarea.com.br

COMPARTILHAR