‘Criminoso nº 1’ da França foge de presídio em helicóptero

153

Essa é a segunda vez que Redoine Faid escapa de uma prisão francesa. Em 2013, ele saiu da prisão com a ajuda de explosivos que estavam escondidos em pacotes de tecidos

Com a ajuda de um helicóptero, Redoine Faid, um notório criminoso que chegou a ser classificado pela imprensa francesa como “inimigo público nº 1” do país, fugiu neste domingo 1º, da penitenciária de Reau, localizada no sul de Paris.

O criminoso levou apenas “alguns minutos” para escapar da prisão, desencadeando uma caçada humana ao redor da capital francesa. Ninguém ficou ferido ou feito refém, segundo informou o Ministério da Justiça.

As autoridades também informaram que um comando armado a bordo de um helicóptero pousou no pátio, enquanto o prisioneiro estava na sala de visitas. Dois homens vestidos de preto, usando máscaras de esqui e identificação da polícia invadiram a prisão. Eles utilizaram uma máquina para abrir uma porta para a sala onde estava Faid.

O helicóptero foi encontrado queimado na cidade de Garges-les-Gonesse, nos subúrbios do norte de Paris. Acredita-se que o criminoso continuou sua fuga de carro, acompanhado por seus cúmplices.

Essa é a segunda vez ele escapa de uma prisão francesa. Em 2013, Faid saiu da prisão com a ajuda de explosivos que estavam escondidos em pacotes de tecidos. Ele foi preso em um hotel de seis semanas mais tarde.

Na década de 1990, Faid liderava um grupo criminoso envolvido em roubos a bancos e caminhões transportando dinheiro. Ele foi preso em 1998 depois de fugir por três anos, para Suíça e Israel, segundo a imprensa francesa.

Solto em 2009, depois de cumprir 10 anos de prisão, prometeu que tinha mudado e escreveu um livro sobre sua vida de crime. Em 2010, foi condenado a 25 anos de prisão pela morte de um jovem policial durante um assalto que deu errado.

COMPARTILHAR