Ex-diretor da Defesa Civil de Salvador ganha liberdade

147

O ex-diretor-geral da Defesa Civil de Salvador, Gustavo Ferraz, foi solto da prisão domiciliar que cumpria na capital baiana no fim de semana. A decisão foi tomada pelo ministro do STF Edson Fachin na sexta-feira (2). Com a soltura, Ferraz passa a responder pelo processo em liberdade.

Ferraz cumpria prisão domiciliar desde 23 de outubro, e passou a usar tornozeleira eletrônica em novembro. Antes, ele chegou a ser preso em regime fechado, junto com o ex-ministro Geddel Vieira Lima, mas depois teve a prisão convertida.

Também foram revogadas medidas cautelares como restrições de uso de telefone e internet.

As digitais de Ferraz foram encontradas em notas de dinheiro apreendidas em um apartamento em Salvador, ligado a Geddel. Na ocasião, a Polícia Federal encontrou R$ 51 milhões escondidos em malas e caixas. Segundo a PF, o dinheiro pertence ao ex-ministro e é oriundo de propina.

COMPARTILHAR