‘Heterossexual está virando minoria’, afirma ministro do STJ

70

Declaração polêmica foi dada durante seminário em Brasília. Magistrado disse ainda que o ”poder de julgar do Congresso não se perdeu por causa da corrupção de um ou outro”

O Ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) João Otávio Noronha afirmou na segunda-feira que o heterossexual vai precisar reivindicar direitos porque está se tornando minoria no Brasil. A declaração polêmica do ministro e atual corregedor nacional de Justiça foi dada durante um seminário realizado no Superior Tribunal.

Segundo o magistrado, os juízes não devem ser pautados apenas por minorias. “Hoje o nosso juiz constitucional não pode ser pautado pelas minorias só. Aliás, eu já vi que quero meus privilégios porque o heterossexual agora está virando minoria. Não tem mais direito nenhum. Estamos criando isso”, afirmou, em tom de brincadeira, durante evento promovido pelo tribunal para discutir o ativismo judicial.

O magistrado disse também que o Congresso não se perdeu por causa da corrupção. “Se tem deputado, senador, sendo processado, essa é outra questão. Mas o poder de julgar do Congresso não se perdeu por causa de corrupção de um ou outro. É um poder que está na Constituição e é consagração do princípio democrático”, disse Noronha.

COMPARTILHAR