Jequié: Líder do tráfico morre ao reagir à PM

155
Foto: Divulgação SSP / BA

Depois de uma denúncia anônima, uma guarnição da Companhia Independente de Policiamento Especializado (CIPE/Central) estourou dois laboratórios de refino de drogas na cidade de Jequié, região Sudoeste da Bahia a 366 km de Salvador. Leonardo da Silva Cardoso, o ‘Pepe’, um dos líderes do tráfico no município, estava num desses laboratórios, localizado numa casa na rua Isaac Sampaio, no centro da cidade, e acabou morrendo numa troca de tiros com os policiais, apesar de socorrido e levado para o Hospital Geral Prado Valadares (HGPV).

Com ele, foram apreendidos um revólver de marca taurus, calibre 38, com seis munições, 17 tabletes de maconha e quatro de cocaína, seis pedras grandes de crack, três saquinhos com 300 gramas de maconha e 650 gramas de cocaína em trouxas, além de 2 mil comprimidos de Franol e 255 frascos de termogênico. Também foram encontrados uma balança, uma prensa profissional, mil sacos de embalagens e um liquidificador para misturar as drogas.

Prosseguindo a diligência, os policiais militares prenderam, num apartamento do condomínio Bela Vista, no bairro São Judas, também utilizado pela quadrilha liderada por Pepe como laboratório de drogas, Flávio Santos Martins e Tuane Ramos Lima. Ali, a guarnição apreendeu três cheques, nos valores de R$ 5 mil, R$ 3 mil e R$ 2,5 mil, em nome de Maria Conceição de Oliveira Santos, a ‘Conça’, mulher de Pepe, 1,3 kg de maconha, 200 gramas de cocaína, dois cadernos de anotações com vários nomes, contatos e valores, e diversas embalagens para acondicionar drogas.

Flávio, Tuane e Conça, esta localizada no HGPV, a procura do marido que houvera sido alvejado, foram presos em flagrante e encaminhados à 9ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Jequié).

Fonte: Ascom SSP / BA

COMPARTILHAR