Mais de 150 mil pessoas deixam Salvador no feriado

194
Foto: Aquivo

Elas vão passar feriado prolongado de Independência do Brasil, entre a sexta-feira (7) e o domingo (9) no interior do estado. Esquemas especiais foram montados via rodovias e sistema ferry-boat para atender a demanda

Ônibus

Durante o fim de semana, o terminal rodoviário de Salvador terá 150 horários extras, além dos 540 regulares. A informação é Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Energia, Transportes e Comunicações da Bahia (Agerba). A estimativa é que aproximadamente 30 mil passageiros utilizem o terminal durante o período.

Para oferecer mais comodidade, algumas empresas disponibilizam a compra de passagens com antecedência por telefone ou via internet. Os passageiros também podem realizar a compra nos guichês dias antes ou até mesmo poucos momentos antes da viagem. Recomenda-se, entretanto, que os usuários do sistema cheguem à rodoviária com antecedência mínima de 20 minutos, para garantir o embarque e evitar transtornos.

Os destinos mais procurados no feriado, segundo a Agerba, são Porto Seguro e Vitória da Conquista, que têm demanda constante, além de Irecê, Barreiras, cidades do Recôncavo baiano e Região Metropolitana de Salvador.

Dúvidas, reclamações e elogios podem ser registrados junto a Ouvidoria da Agerba através do telefone 0800 071 0080 ou e-mail agerba.ouvidoria@agerba.ba.gov.br.

Ferry

O sistema ferry-boat terá funcionamento especial entre a quinta-feira (6) e a terça (11). De acordo com a Internacional Travessias, o serviço não terá interrupções em duas madrugadas: entre quinta e sexta e entre domingo (9) e segunda (10).

Durante o período, sete embarcações estarão em operação, com saídas a cada 30 minutos. São elas: Zumbi dos Palmares, Dorival Caymmi, Maria Bethânia, Rio Paraguaçu, Ivete Sangalo, Anna Nery e Juracy Magalhães Júnior.

Para o serviço de Hora Marcada, além dos horários normais, foram disponibilizadas 500 vagas extras. Para os seis dias de operação, a empresa espera um fluxo total de 127 mil pedestres e 17 mil veículos.

COMPARTILHAR