Mancini não divulga escalação e torcida recepciona delegação

13

Com apoio de torcedores, que esperavam a delegação no portão de acesso ao estádio e foram autorizados assistir ao treino, o Vitória aprontou para jogar contra o Coritiba, nesta quarta-feira (3), às 19h30, no estádio Alberto Oliveira, em Feira de Santana, cidade que fica a 116 km de Salvador. O jogo será pela 18ª rodada do Brasileiro.

Vitória 02 08 16Ocupando a 16ª posição em 17 jogos, e a mais que o adversário de hoje, o Vitória foi forçado a jogar em Feira de Santana porque a Polícia Militar solicitou à CBF devido à realização em Salvador de partidas da Olimpíada Rio 2016. Se perder, ou até empatar, o Vitória entra na zona de rebaixamento e completaria a 6ª partida sem ganhar.

No campo, depois do aquecimento, o técnico Vagner Mancini comandou inicialmente um treinamento tático, ajustando os setores da equipe. Com dúvidas, ele deixou para anunciar a formação do Vitória somente no vestiário.

Mancini terá o retorno do atacante Dagoberto, que cumpriu suspensão pelo acúmulo de três advertências com cartão amarelo, e poderá ter o meia colombiano Sherman Cárdenas iniciando um jogo. Ele entrou no decorrer da partida contra o Santos, no Barradão, na 16ª rodada.

O desfalque do time será o zagueiro Victor Ramos, expulso diante do Figueirense, domingo passado.

Mancini concluiu a preparação do Vitória com um treino tático, trabalhou bola parada e realizou um dois toques.

Os jogadores e o técnico elogiaram o novo gramado do estádio. “Agora está um gramado muito, muito melhor. Em condições boas de rolar a bola e a gente espera fazer um grande jogo”, disse o atacante Kieza, que deu entrevista ao final do treinamento.

COMPARTILHAR