Morre o criador de trio elétrico Orlando Tapajós

328

Ele estava internado em um hospital de Salvador

Morreu na noite de sábado (16) o construtor de trios elétricos, Orlando Tapajós. Orlando, que tinha 85 anos, estava internado na UTI do Hospital Tereza de Lisieux, em Salvador, após sofrer um infarto. O sepultamento foi realizado no cemitério Jardim da Saudade, às 14h.

Por meio das redes sociais, o governador Rui Costa afirmou que “é com imenso pesar que recebo a notícia do falecimento de Orlando Tapajós, uma das personalidades baianas que mudaram a forma de se fazer Carnaval na Bahia e no Brasil”.

O governador acrescentou que se solidariza, “em meu nome, da primeira-dama e de todos os baianos, com os familiares e amigos de Orlando Tapajós, nesse momento de dor e sofrimento. Expresso meus sentimentos de luto e pesar pela perda de uma figura tão importante para a história do Carnaval baiano”.

Já o prefeito ACM Neto disse que “o Carnaval da Bahia e as festas populares de todo o Brasil ganharam uma nova dimensão com os trios elétricos e Orlando Tapajós foi um dos grandes responsáveis por esta transformação”.

Ele também falou que a Prefeitura, na atual administração, teve a sensibilidade de construir a Casa do Carnaval, espaço dedicado aos artistas e foliões que transformaram a folia de Salvador na maior festa popular do mundo. “Lá (Casa do Carnaval) os visitantes podem ver cada detalhe de nossa festa e perceber a importância de Orlando Tapajós para o desenvolvimento de nossa festa. Nós resgatamos todo o trabalho que artistas como Orlando Tapajós fizeram para levar o Carnaval da Bahia para todo o mundo”, afirmou.

COMPARTILHAR