ONU faz alerta sobre abuso econômico a idosos

156

Uma especialista em direitos humanos da Organização das Nações Unidas (ONU) alertou nesta quinta-feira (14) sobre o abuso econômico aos idosos. O alerta foi feito por ocasião do Dia Mundial de Sensibilização sobre Maus-Tratos a Idosos, que será comemorado amanhã. Ela recomendou que esses casos sejam denunciados.

Em comunicado, a especialista independente Rosa Kornfeld-Matte destacou que a maioria dos abusos contra idosos não é registrada. Por isso, “devemos ser mais atentos e denunciar qualquer suspeita de maus-tratos aos mais velhos”.

Kornfeld-Matte afirmou que o abuso econômico a essa categoria está invisível e que teme que o problema possa crescer de forma dramática com o envelhecimento da sociedade.

Segundo ela, “infelizmente” a maioria de abusadores é formada por membros da família e, por isso, a questão é especialmente delicada.

“É difícil, inclusive para os profissionais, distinguir” as coações, a fraude e a falta de consentimento nesses casos, disse a especialista, acrescentando que, frequentemente, os idosos acreditam que o abusador tem algum direito sobre seus bens, ou querem compensar aqueles que cuidam ou dedicam seu tempo e atenção.

Kornfeld-Matte lembrou que as denúncias sobre os abusos econômicos são muito poucas, porque as vítimas “podem ter medo de represálias, ou da falta de afeto e atenção”.

Ela insistiu que a denúncia é uma das formas de conter esse tipo de abuso.

COMPARTILHAR