Paulo Afonso: PM resgata gerente, retira artefato e procura criminosos

180
Foto: Divulgação SSP / BA

Material explosivo utilizado não poderia ser acionado à distância como ameaçaram os criminosos. Equipes seguem procurando a quadrilha, na região

Equipes da Companhia Antibombas do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) retiraram, na tarde desta quarta-feira (5), o artefato colocado no corpo de um gerente de banco da cidade de Paulo Afonso. Material explosivo utilizado não poderia ser acionado à distância como ameaçaram os criminosos. Equipes seguem procurando a quadrilha, na região.

A unidade especializada foi acionada, após equipes do 20º Batalhão de Polícia Militar (BPM), da 18ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin), ambas de Paulo Afonso, e do Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco) impedirem o roubo de uma instituição financeira.

Um bancário e familiares foram surpreendidos, na noite de ontem, próximos de onde moram. Os criminosos exigiram que um valor, ainda desconhecido, fosse sacado e em troca libertaria os reféns. Quando a quadrilha descobriu que as forças de segurança sabiam do fato e estavam realizando varreduras, abandonou os parentes do gerente e fugiu. Ninguém ficou ferido na ação e nenhum valor foi roubado.

“Necessário ressaltar o empenho das polícias Militar e Civil no combate a esta prática criminosa. Destacar em especial o efetivo do 20º BPM que, apenas nesta quarta-feira, frustrou dois assaltos. Determinamos prioridade na captura dos responsáveis pelas duas tentativas”, informou o secretário da Segurança Pública, Maurício Teles Barbosa.

Fonte: Ascom SSP / BA

COMPARTILHAR