Produção industrial baiana cresce abaixo da média nacional

86

Paraná (28,4%), Mato Grosso (25,6%), Goiás (20,8%) tiveram melhor desempenho na passagem de maio para junho. A Bahia foi o 8º colocado e cresceu 11,6%

A produção industrial apresentou crescimento disseminado entre maio e junho. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em 13 dos 15 locais pesquisados houve avanço. Os dados foram divulgados nesta quinta-feira (9).

Os maiores crescimentos foram registrados no Paraná (28,4%), Mato Grosso (25,6%), Goiás (20,8%), Rio Grande do Sul (17,0%), Santa Catarina (16,8%), São Paulo (14,8%) e Pernambuco (13,5%).

Bahia (11,6%), Minas Gerais (7,1%), Ceará (6,8%), Pará (2,8%) e Rio de Janeiro (2,2%) também ficaram no terreno positivo. As quedas foram no Espírito Santo, onde se observou um recuo de 2%; e no Amazonas, com queda de 1,1%.

Resultado nacional

Com esse desempenho, a média nacional apresentou alta de 13,1% na produção industrial na passagem de maio para junho. Na comparação entre o sexto mês do ano e igual período do ano passado, a alta foi de 3,5%.

COMPARTILHAR