Riachão do Jacuípe: Prefeita não deve se candidatar a reeleição

23

A prefeita Tânia Mattos, do PDT, que tem direito a se candidatar à reeleição, deve desistir de disputar o pleito no próximo dia 02 de outubro.

Tânia MatosConforme havíamos divulgado há menos de uma semana, ela resistia a indicação, mas ainda assim conversou com lideres políticos dos partidos da base do Governo do Estado.

Para disputar a eleição representando a situação, deve ser indicado o sobrinho Carlos Matos, vereador, até recentemente era secretário de Finanças de Riachão do Jacuípe, e que é filiado ao DEM, partido que faz oposição ao governador Rui Costa, e um dos maiores adversários do PT na Bahia e no Brasil.

Há muito tempo que se sabe do desejo da prefeita não ir para a reeleição, mas Tânia Mattos era pressionada por familiares e correligionários políticos a aceitar.

Na noite de hoje (20), o clã Mattos e apoiadores se reúnem para praticamente tomar a decisão definitiva.

Adversários

Laurinho Falcão 02Laurinho Falcão, ex-prefeito e filiado ao PTN, teve pelo Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) anulado parecer anterior do Tribunal de Contas dos Municípios do Estado da Bahia (TCM) que havia rejeitado as contas referentes ao ano de 2012. Em decisão publicada na edição do Diário da Justiça Eletrônico (DJE) desta quarta-feira (20), o juiz de direito Manoel Ricardo D’avila declarou procedente o pedido formulado por Falcão. Ainda cabe recurso e Laurinho pode estar inelegível.

Zé FilhoO outro provável adversário nas eleições de outro deste ano é o empresário Zé Filho (José Ramiro Ferreira Filho) que, na eleição de 2012, apoiou juntamente com Laurinho a Dra. Gleide Oliveira, sendo candidato a vice na chapa encabeçada pelo PCdoB.

Líder empresarial na região, Zé Filho aspira ao cargo há anos e agora vê essa possibilidade mais claramente pelo PSD, partido do senador Otto Alencar.

COMPARTILHAR