Uma vitória difícil para aliviar pressões

157

Vagner Mancini aos 34 minutos de jogo, decidiu apostar no garoto Nickson (18 anos) que, recentemente, retornou da seleção sub-20. E Nickson, filho de Jackson, ex-jogador e ídolo da torcida rubro-negra, correspondeu. Ajudou ao time com um futebol eficiente e ainda marcou um dos três gols – o segundo pelo time profissional – do triunfo de virada por 3 x 2 sobre o Sport, no Manoel Barradas, na noite de quarta-feira. Foi a terceira vitória em casa. Agora, o Vitória é o 11° colocado.

Vitória x Sport 01O Vitória começou pressionando, criando situações de gol, mas acabou sofrendo um gol. Após bola rebatida da área, Rodney Wallace pegou a sobra e cruzou na medida para Matheus Ferraz, que vinha de trás. Aos 17 minutos, o zagueiro ajeitou no peito e chutou forte sem chance para Caique.

O campeão baiano continuou no ataque e aos 23 minutos, o Sport ficou com um a menos: Everton Felipe, que já tinha cartão amarelo, interrompeu um ataque de Vander e foi expulso.

Vagner Mancini com o Vitória com um a mais, resolveu ousar: tirou o volante Amaral e colocou Nickson para deixar o time ainda mais ofensivo e com opções para furar o bloqueio adversário. Brilhou a estrela do treinador.

A pressão surtiu efeito e o Vitória empatou aos 44 minutos com Vander. Ele aproveitou o passe de Diego Renan e chutou forte para balançar a rede do Sport.

O Vitória, com os gritos de incentivo da torcida, voltou para o segundo tempo em cima do Sport e com 18 minutos marcou 3 a 1. Aos 16, Willian Farias deu um passe na medida na área para Euller dominar no peito e deslocar o goleiro.

Dois minutos depois, o Vitória tocou de pé em pé e Vander, quase da linha de fundo, levantou a bola na área para a cabeçada do garoto Nickson.

O Vitória ainda levou um gol aos 32 minutos, novamente marcado pelo zagueiro Matheus Ferraz, mas garantiu os três pontos e voltou a vencer no Manoel Barradas depois de uma derrota e um empate.

O próximo jogo do Vitória será contra o Cruzeiro, domingo, 3 de julho, às 11h, no Estádio Mineirão, em Belo Horizonte. Para este jogo, Kieza, após cumprir suspensão do terceiro cartão amarelo, volta ao ataque e Dagoberto, com três cartões, está fora da partida em Belo Horizonte.

COMPARTILHAR