Vitória vence o São Paulo e se afasta do Z4

19

O atacante Marinho voltou a infernizar o adversário. Abriu o marcador, cruzou a bola que Lyanco cabeceou contra e definiu o placar de 2 a 0 para o Vitória diante do São Paulo, e caçado em campo acabou saindo com uma pancada no tornozelo.

Desta vez, o time rubro-negro voltou a jogar bem e ganhou, subindo na classificação: 32 pontos e 15º colocado. O Vitória não vencia no Barradão desde 29 de junho quando derrotou o Sport Recife por 3 x 2.

vitoria-x-spO Vitória foi um time consistente nos dois tempos e já merecia a vantagem na etapa inicial. Controlou as ações adversárias e buscou o gol incessantemente. Por duas vezes carimbou a trave e o travessão do São Paulo com o atacante Zé Love numa cabeça e com um voleio após ajeitar a bola no peito com muito estilo.

Ressalte-se que o São Paulo também carimbou a trave num chute de fora da área do meia Luiz Araújo.

No segundo tempo, o rubro-negro cresceu de rendimento e aos 6 minutos abriu o marcador numa bela cobrança de falta de Marinho, acertando o ângulo superior esquerdo de Denis.

Com o placar a favor, o Vitória seguiu marcando forte e comandou o jogo. Organizado, com Tiago Real no lugar de Sherman Cardenas – Euller já tinha substituído Diego Renan no intervalo – o rubro-negro partiu para ampliar o placar e conseguiu em outro lance de bola parada.

Aos 26 minutos, Marinho cobrou falta na área, Kieza atrapalhou e o zagueiro Lyanco também de cabeça acabou mandando a bola para a própria rede ao tentar evitar o gol.

Com 2 x 0, o Vitória foi inteligente, passou a marcar no meio-de-campo e com a bola sair rápido nos contra-ataques. Criou oportunidades e o goleiro Denis foi milagroso ao fazer uma defesa espetacular numa conclusão de Zé Love.

O próximo jogo do Vitória será fora de casa, sábado (1º/10) contra a chapecoense, às 16h, na Arena Condá, em Chapecó (SC), pela 28ª rodada.

COMPARTILHAR