Votação começou no Brasil e terminou em 16 países

177

Os locais de votação na maioria das cidades do país foram abertos às 8h. A votação ainda não começou nos estados da Região Norte que terão segundo turno. Na região, os municípios estão uma hora a menos em relação ao fuso horário de Brasília, e a votação começará às 9h, horário de Brasília. Os eleitores poderão comparecer às seções eleitorais para votar até as 17h, horário local.

Neste segundo turno, os eleitores de 13 estados e do Distrito Federal irão às urnas para escolher os governadores e vices e o futuro presidente da República. Nos outros 13 estados, as eleições para o governo estadual foram definidas no primeiro turno, e os eleitores vão votar somente para presidente.

Para votar, é necessário apresentar um documento oficial com foto, como carteira de Identidade, de Trabalho, Nacional de Habilitação, Certificado de Teservista, Documento Nacional de Identidade (DNI) ou passaporte.

Certidões de nascimento e de casamento não valem como prova de identidade na hora de votar.

Eleitores que fizeram o cadastramento biométrico podem apresentar somente o e-Título, por substituir o documento oficial com foto. O aplicativo de celular da Justiça Eleitoral pode ser baixado gratuitamente e está disponível para IOS e Android.

Exterior

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) informou que a votação para eleitores brasileiros que estão no exterior foi encerrada em 16 países. De acordo com o TSE, o balanço se refere aos locais de votação, em geral as próprias embaixadas do Brasil, que estão à frente no fuso horário.

De acordo com o boletim, a votação já terminou na Nova Zelândia, Austrália, no Japão, na Coreia do Sul, China, em Taiwan, Cingapura, nas Filipinas, na Malásia, em Honk Kong, no Timor Leste, na Indonésia, no Vietnã, na Tailândia, Índia e no Nepal.

Os 500 mil eleitores que estão aptos a votar fora do país em 99 nações votaram somente para presidente da República. O resultado da votação no exterior será divulgado somente após o término da votação no Brasil.

Fonte: agenciabrasil.ebc.com.br

COMPARTILHAR