Brasileiro: Mancini anuncia mudanças mas não diz quais

1230
Foto: Assessoria EC Vitória

Vagner Mancini comandou mais um coletivo para trabalhar a parte tática do time rubro-negro na de quinta-feira (23), e continuará com os ajustes nesta sexta (24), novamente pela manhã, no Centro de Treinamento Manoel Pontes Tanajura.

O técnico prosseguiu com as experiências e, na coletiva concedida na Sala de Imprensa João Borges Bougê, falou a respeito da expectativa para o jogo contra a Ponte Preta domingo (26), às 16h (horário em Salvador), no Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas.

“Nós teremos um jogo que vale o ano pra gente e vale também o ano de 2018. Por isso, a gente está muito focado no time que vai entrar jogando. Eu até abri mão de outro tipo de treinamento para intensificar a parte tática e dentro dessa ideia, acabei tendo que fazer alguns ajustes na equipe, com mudanças de peças. Tive tempo na quarta, hoje (quinta) e tenho ainda sexta-feira e sábado para fazer isso e ir testando aquele time que pode me dar mais resultado fora de casa”, disse aos repórteres ao ser questionado em relação às experiências feitas nos treinos.

Sobre a formação do time, Mancini preferiu não dar pistas. A escalação será anunciada somente em Campinas. E quando perguntado se o empate será um “péssimo” resultado, o técnico comentou: “O empate é um péssimo resultado, mas diante do Cruzeiro era um péssimo resultado, e ele acabou nos deixando com a chance de depender somente da gente. O empate lá é péssimo resultado, porém, se Avaí e Sport perderem seus jogos, ele passa a ser interessante porque a gente abre dois pontos e talvez um empate no último jogo nos dê a chance de ficar. São números, é matemática, mas não estou falando, logicamente, que vamos jogar para empatar. Acho importante que o Vitória tenha uma postura de uma equipe que quer decidir o campeonato neste jogo. Tenho dito aos atletas que o destino nos deu a possibilidade de a gente, em uma partida, decidir o ano”.

Outro coletivo

Encerrado o aquecimento comandado pelo preparador físico Lucas Itaberaba, Mancini dividiu os dois times para a primeira parte do coletivo. Mais uma vez, o técnico deixou correr e ficou somente orientando os atletas sobre as situações de jogo.

Nesta sexta-feira, o time volta a treinar às 9h, no CT Manoel Pontes Tanajura, para que Mancini prossiga com os ajustes táticos.

Arbitragem

O mineiro do quadro da FIFA, Ricardo Marques Ribeiro, será o responsável pelo apito no jogo Ponte Preta x Vitória domingo, às 16h (horário em Salvador), no Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, pela penúltima rodada do Brasileiro.

Ricardo Marques comandou dois jogos do rubro-negro no Brasileiro – Fluminense e Avaí, no Rio e em Salvador, respectivamente – e o jogo de volta da Copa do Brasil, diante do Paraná, em Curitiba. No Brasileiro, será a 18ª partida do árbitro.

COMPARTILHAR