Copa Nordeste: Vitória empata com Botafogo (PB) e decide vaga em casa

36
Foto: Assessoria EC Vitória

O Vitória chegou ao quarto jogo consecutivo sem perder na temporada ao empatar por 1 a 1 com o Botafogo (PB), nesta terça-feira, 26/10, em encontro válido pela terceira fase da Pré-Copa do Nordeste. Os dois times se enfrentaram pelo jogo de ida, no Estádio Almeidão, em João Pessoa. David abriu o placar para o Rubro-Negro, e Éderson empatou para o Belo.

Agora o Leão vai decidir em casa a classificação para a competição regional em 2022. A partida de volta acontece só daqui a três semanas, no dia 16 de novembro.

Até lá, Wagner Lopes e os comandados voltam as atenções para a Série B e a luta contra o rebaixamento. No próximo sábado o time tem um compromisso decisivo contra a Ponte Preta, em Campinas.

O jogo

O Vitória só precisou de três minutos para dar continuidade ao melhor momento da temporada. Do campo de defesa, Mateus Moraes lançou Raul Prata, que chegou até à linha de fundo e passou para David. O atacante rubro-negro errou na primeira tentativa, mas acertou na segunda e mandou a bola para o fundo das redes já com o goleiro Felipe caído no gramado.

Nos minutos seguintes ao gol, os donos da casa tomaram as rédeas da partida e se instalaram no campo de ataque. O bloco baixo da defesa rubro-negra permitia que os jogadores do Belo trocassem passes na entrada da área, mas a melhor chance da equipe da Paraíba veio depois de um lateral cobrado direto na área. Luã chutou por cima, aos 21’.

Apesar da demora para voltar ao ataque, o Vitória foi muito perigoso quando chegou lá. Aos 23 minutos o time organizou uma jogada que passou por David, Eduardo, Raul Prata e Fabinho, até que o atacante cruzou para Marcinho, nas costas da defesa. O camisa 11 cabeceou livre de marcação e mandou para fora.

Também teve jogador cabeceando com perigo do outro lado do campo. Aos 26’ o Belo chegou pelo lado esquerdo, com Gabriel Araújo. Ele cruzou na área e Éderson se antecipou aos marcadores para testar com força. Lucas Arcanjo fez a defesa.

As chances de gol continuaram a acontecer, e aos 32’ o Leão perdeu uma ótima chance de fazer o segundo gol. David foi acionado em jogada de contra-ataque, ganhou na corrida para Daniel Felipe e invadiu a área sozinho. Quando ficou cara a cara com Felipe, tentou o drible e foi desarmado pelo goleiro do Belo.

Segundo tempo

O segundo tempo não começou favorável ao Vitória. O time ficou pouco com a bola e viu o Belo crescer na partida com a entrada de alguns jogadores com status de titular, mas que começaram no banco de reservas.

A pressão dos mandantes virou gol aos 14 minutos, quando Luã recebeu pelo lado direito do ataque e cruzou para Éderson, que cabeceou sem chances para Lucas Arcanjo.

Instantes depois de sofrer o empate, Wagner Lopes promoveu as primeiras mudanças na equipe. Foram três de uma só vez: Raul Prata, Marcinho e Fabinho saíram para as entradas de Cedric, Alisson Santos e Renan Luís.

A verdade é que pouca coisa mudou no panorama do jogo e o Botafogo quase virou a partida em um vacilo de Roberto. Ele recuou mal para Mateus Moraes e viu Esquerdinha roubar a bola. O meia então passou para Éderson, que invadiu a área e foi travado por Thalisson de maneira providencial na hora do chute.

Aos 39 minutos o Rubro-Negro ainda ficou com um jogador a menos. Isso porque Mateus Moraes lesionou o ombro quando o time já não tinha mais mudanças à disposição.

Nesse cenário, o empate em 1 a 1 terminou como um bom resultado para o Leão, que vai decidir a vaga no Barradão, dia 16 de novembro. Em caso de novo empate em Salvador, a vaga no Nordestão 2022 passa a ser decidida nos pênaltis.

Ficha Técnica

Botafogo (PB) 1 x 1 Vitória

Local: Estádio Almeidão, em João Pessoa-PB, às 21h30

Árbitro: Diego Fernando Silva de Lima (PE)

Assistentes: Ricardo Bezerra Chianca e Bruno Cesar Chaves Vieira (ambos de PE)

Cartões Amarelos: Willian Machado (Botafogo-PB); Marcinho, João Pedro (Vitória)

Gols: David, aos 3 minutos do primeiro tempo; Éderson, aos 14 minutos do segundo tempo

Botafogo-PB: Felipe; Pablo (Sávio), Daniel Felipe, Willian Machado e Gabriel Araújo; Amaral, Juninho (Marcos Aurélio) e Esquerdinha; Juba (Cleyton), Éderson (Bruno Gonçalves) e Luã (Welton Felipe). Técnico: Gérson Gusmão.

Vitória: Lucas Arcanjo; Raul Prata (Cedric), Thalisson, Matheus Moraes e Roberto; João Pedro, Eduardo (Fernando Neto) e Caíque Souza (Soares); Marcinho (Renan Luís), Fabinho (Alisson) e David. Técnico: Wagner Lopes.

Fonte: A Tarde

COMPARTILHAR