A cada semana um banco é assaltado na Bahia

659
Foto: Banco assaltado em Ipirá em maio deste ano

Apesar disso, a Secretaria de Segurança informa que houve redução de 31% nos fatos consumados e nas tentativas

Os assaltos a bancos, na Bahia, fecharam o período de janeiro a outubro de 2018, comparando com a mesma época do ano anterior, com redução de 31%. Nos dez meses, 103 assaltantes acabaram capturados e 26 morreram em confronto. Foram 52 armas de fogo apreendidas, entre elas fuzis russos e uma metralhadora calibre 50.

Em números absolutos, entre os casos consumados (quando tem subtração de quantia) e tentados (sem roubo de valores) foram contabilizados 55 registros nos 300 dias levantados deste ano, ou seja, um assalto a cada 5,5 dias, ou toda semana, quando em 2017 ocorreram 80 investidas criminosas.

“É um trabalho incansável, haja vista que vários destes assaltantes já foram presos, na Bahia, ou em outros estados, pela mesma prática criminosa. Importante ressaltar a união entre as regiões, com troca de informações e trabalhos de inteligência”, enfatizou o secretário da Segurança Pública, Maurício Teles Barbosa.

COMPARTILHAR