Acidente de carro causa morte de veterinário no interior baiano

678
Foto: Cultura & Realidade, de Irecê

Um grave acidente neste sábado, 5, próximo ao contorno de Anguera, no Centro Norte baiano a 146 km de Salvador e 38 km de Feira de Santana, causou a morte do médico veterinário Lucas Brito Dourado, 29 anos, filho do gestor em Recursos Humanos da Prefeitura de Irecê, a 478 km de Salvador, Jaques Brito Dourado, e da professora Cláudia Castro de Brito Dourado.

Lucas Dourado trabalhava na clínica Amevi – Atendimentos Médicos Veterinários –de Irecê, que pertence ao tio Overlaque Dourado, e também era consultor do Sistema Faeb/Senar.

Apesar de jovem na profissão, Lucas era muito querido nas relações pessoais e profissionais. As informações do trágico acidente deixaram todos que o conhecia transtornados.

As primeiras informações dão conta de que uma camionete avançou pela contramão colidindo frontalmente com o Kia Ceratto do médico, que ficou preso às ferragens e morreu no local. O condutor da pick-up saiu praticamente ileso. A perícia técnica iniciou a investigação, mas ainda não divulgou nenhuma informação.

O coordenador do Sistema Faeb/Senar no Território de Irecê, João Gonçalves, lamentou a morte do jovem veterinário. “Nos o conhecemos há pouco tempo, durante a apresentação do grupo de 30 técnicos que o sistema está contratando para assegurar assistência técnicas para agricultores e criadores da região. Tratava-se de um jovem de uma capacidade enorme de interlocução e apresentação das habilidades técnicas. A região perde um jovem muito qualificado”, manifestou o representante do sistema em Irecê.

Fonte: Cultura & Realidade

COMPARTILHAR