Aécio quer ter acesso às delações da Odebrecht

370

O senador Aécio Neves (PSDB-MG) disse neste sábado (1º) que vai entrar com petição ao ministro Edson Fachin, relator da Operação Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), para que o magistrado permita acesso às delações premiadas do ex-presidente da Odebrecht Infraestrutura, Benedicto Junior.

No depoimento, homologado pela Justiça, o ex-executivo da Odebrecht afirma que Aécio e a irmã, a jornalista Andrea Neves, receberam propinas da empreiteira em contas bancárias em Nova York, nos Estados Unidos. As informações foram publicadas na revista Veja deste fim de semana.

“O que está publicado hoje na revista Veja sobre mim e a minha família é falso. Lamentável que acusações dessa gravidade sejam publicadas sem serem checadas antes. O advogado do delator informou que são falsas as informações atribuídas pela revista ao seu cliente, já que na sua delação ele não faz nenhuma citação a minha irmã ou a essa falsa conta em Nova York. Nesse momento não me interessa quem é o mentiroso. Interessa, agora, desmascarar a mentira”, afirmou o tucano, na conta no Facebook.

COMPARTILHAR