Agentes do COE buscam incentivar reflorestamento e doação de sangue

1057
Foto: Alberto Maraux - SSP / BA

Vinte e cinco mudas frutíferas começaram a ser plantadas, na tarde de segunda-feira (19), por equipes da Coordenação de Operações Especiais (COE) da Polícia Civil. Os pés de limão, manga, jambo, castanha do pará e licuri serão distribuídas no entorno da unidade, localizada no Aeroporto Internacional de Salvador.

O plantio será finalizado, no próximo sábado (24), durante o Curso de Operações Táticas (COT) Kids. As crianças entre 9 e 14 anos, que participarão da atividade física, terminarão o curso colocando as mudas no solo.

“Além do incentivo ao reflorestamento, estamos colaborando para um ambiente de trabalho mais saudável. As árvores aproximam também pássaros, entre outras espécies”, comentou o coordenador da COE, delegado André Viana.

Doação de sangue

Equipes da Coordenação de Operações Especiais (COE) da Polícia Civil ajudaram, na manhã segunda-feira (19), na renovação do estoque de sangue da Fundação de Hematologia e Hemoterapia da Bahia (Hemoba). Cerca de 25 delegados, escrivães e investigadores participaram da ação social.

A doação faz parte de um calendário de atividades em comemoração aos 25 anos de serviços prestados pela COE. Além do sangue, os policiais realizaram o cadastro de medula óssea e entraram no Registro Nacional de Doadores de Medula Óssea (Redome).

“Um prazer colaborarmos com uma causa tão importante. Esperamos que outras pessoas se motivem e compareçam ao Hemoba”, declarou o delegado da COE, Marcos César da Silva.

COMPARTILHAR