Anvisa orienta laboratórios para detecção de nova variante de covid-19

239

Em nota técnica, agência recomenda medidas que favoreçam o diagnóstico

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) publicou ontem, 1º/1, nota técnica com informações sobre o impacto da variante do novo coronavírus identificada no Reino Unido.

A nota recomenda que os laboratórios fiquem atentos às informações das instruções de uso de produtos existentes para a detecção de covid-19 e adotem medidas que favoreçam o diagnóstico, como a utilização de produtos voltados a diferentes alvos virais.

Ainda de acordo com o documento, a maioria dos ensaios moleculares do tipo PCR (reação de cadeia de polimerase) regularizados no Brasil utilizam mais de um alvo, o que reduziria o impacto ao diagnóstico.

A nota pode ser lida na íntegra no site da Anvisa.

Consulta

A agência informou ainda que disponibiliza, desde abril de 2020, um painel para consulta da fila de produtos para diagnóstico in vitro para detecção da covid-19.

Nessa ferramenta, é possível encontrar informações sobre a quantidade de pedidos deferidos, indeferidos, em análise, aguardando o CBPF (certificado de boas práticas de fabricação), como informações específicas sobre os produtos.

A consulta aos alvos dos produtos regularizados nesta Anvisa também está disponível no portal da agência.

O Brasil registrou até às 17h de ontem 7.700.578 casos de covid-19 com 195.411 mortes e 6.855.372 recuperados.

Fonte: Agência Brasil

COMPARTILHAR