Avião militar cai nas Filipinas e deixa pelo menos 45 mortos

192

É o pior desastre aéreo do país em quase 30 anos

Um avião da Força Aérea das Filipinas caiu e se partiu queimando em chamas em uma ilha ao sul do país neste domingo, 4/7, matando pelo menos 45 pessoas depois que algumas delas pularam da aeronave, disseram autoridades, no pior desastre aéreo militar do país em quase 30 anos.

Fotos da cena mostravam chamas e fumaça saindo dos destroços espalhados entre os coqueiros enquanto homens em uniformes de combate circulavam, ao mesmo tempo que uma coluna de fumaça negra espessa subia para o céu.

A aeronave de transporte Lockheed C-130, que levava tropas com destino a operações de combate a insurgentes, caiu com 96 pessoas a bordo.

O avião tentou pousar no aeroporto de Jolo, mas ultrapassou a pista sem tocar o solo. Ele não conseguiu recuperar potência e altura suficientes e caiu nas proximidades de Patikul.

“Vários soldados foram vistos saltando da aeronave antes que ela atingisse o solo, poupando-os da explosão causada pelo acidente”, disse a Força-Tarefa Conjunta Sulu em comunicado.

Não ficou claro quantos pularam ou se sobreviveram.

Fonte: Agência Brasil

COMPARTILHAR