Bahia apresenta zagueiro e meia

676
Juninho à esquerda e Guerra à direita Foto: Assessoria EC Bahia

O meia venezuelano Alejandro Guerra, de 33 anos, foi apresentado no Bahia nesta segunda-feira (8), logo após treinar com a equipe pela manhã. Na entrevista coletiva, Guerra falou sobre o pouco espaço que teve no Palmeiras, e também aproveitou para agradecer a confiança do Tricolor Baiano nele.

“Cheguei aqui com essa intenção de poder jogar mais, de poder de novo ficar concentrado com a equipe, já não estava concentrando. Tem que ter muita inteligência na hora de entrar no campo. A adaptação vai ser difícil, mas não vai ser impossível. Sei que meus companheiros vão ajudar muito. Estou pronto para entrar no campo e fazer o que gosto de fazer”, afirmou.

O meia também comentou sobre a recepção no novo clube: “No primeiro dia que cheguei, ambiente muito bom, jogadores me receberam de boa maneira. Torcedores começaram a mandar mensagem. Isso é bom porque eu quero me sentir importante na equipe, pegar essa confiança que preciso para jogar futebol.”

Zagueiro

Contratado e regularizado o zagueiro Juninho foi apresentado, nesta segunda-feira (8), no Fazendão.

O zagueiro, que vai vestir a camisa número 40, disse estar em boas condições e à disposição para estrear nesta quarta-feira (10), em Porto Alegre, no primeiro duelo das quartas de final da Copa do Brasil, contra o Grêmio.

“Me considero pronto, desde o começo do ano treinando forte. Estou pronto para ir para o jogo”, disse o atleta. Juninho chegou a Salvador na última quinta-feira (4) e, desde então, está treinando normalmente.

“A gente sempre observou o mercado buscando atletas que pudessem contribuir em um grupo qualificado que nós temos. Os dois (Juninho e Guerra) podem jogar a Copa do Brasil. E é difícil encontrar no mercado atletas nessa situação”, disse o diretor de futebol Diego Cerri.

Fonte: Assessoria EC Bahia

COMPARTILHAR