Baianinho tem a 6ª média de público de 8 estaduais pesquisados

424

Com média 2.596 torcedores por jogo, o Baianinho fica atrás do Paranaense e Catarinense, mas a frente do Carioca que é a decepção com 2.332 por partida

O campeonato estadual que levou mais torcedores aos estádios no Brasil em 2018 foi o Paulista. No total, 546.284 ingressos foram vendidos em 72 jogos da competição, o que corresponde à média de 7.587 torcedores por partida. Corinthians 2 x 0 Palmeiras, que teve o maior público neste ano (42.178), ajudou a aumentar este número.

Atrás do Paulista está o Campeonato Mineiro, com média de 5.320 espectadores por jogo, impulsionado principalmente pelos bons públicos do Cruzeiro em casa. Contra o Tupi-MG, por exemplo, levou 33.006 torcedores ao Mineirão.

Na Bahia, nos 35 jogos até aqui disputados, 90.860 torcedores pagaram para ver as 10 equipes baianas nos estádios. O BaVi que não acabou, teve 20% do público total com 18 mil pagantes. Excluindo o clássico, cairíamos para média de 2.143 e seria o Baiano o penúltimo colocado.

Tido como o campeonato mais charmoso do Brasil, o Carioca não tem atraído muitos torcedores para os estádios neste início de ano, assim como em outras temporadas. O vazio nas arquibancadas pode ser explicado por vários motivos, mas o principal é o regulamento confuso da competição, no qual um mesmo time se for campeão dos dois turnos (Taça Guanabara e Taça Rio), não conquista o título estadual.

Média de pagantes

Paulista         7.587

Mineiro          5.320

Paranaense 3.124

Catarinense 2.845

Gaúcho         2.755

Baiano          2.596

Cearense      2.408

Carioca          2.332

Pernambucano 1.094

Para se ter uma noção da pouca presença de público, em comparação com os outros oito estaduais com times da Série A, o Carioca (média de 2.332 pagantes por jogo) só fica à frente do Pernambucano, com 1.094 espectadores por partida. O clássico Flamengo 0 x 0 Vasco, pela quarta rodada da Taça Guanabara, registrou o maior público até aqui: 18.587 pagantes. O menor foi America 1 x 2 Goytacaz, com 111 testemunhas em Bacaxá.

Vale ressaltar que os seis jogos disputados em 2017 pelo Carioca, ainda pela primeira fase, não tiveram seus borderôs contabilizados. Além disso, as partidas do Vasco contra Bangu e Nova Iguaçu, pela Taça Guanabara, que foram de portões fechados, também não entram na média de público.

COMPARTILHAR