Brasil atinge marca de 210 milhões de habitantes

419
Foto: Pedro Girão / IBGE

São Paulo permanece como o estado mais populoso, com 45,9 milhões de pessoas.

A população brasileira foi estimada em 210,1 milhões de habitantes, segundo dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O número representa um aumento de 0,79% na comparação com a população estimada do ano passado.

Publicado no “Diário Oficial da União” desta quarta-feira (28), a estimativa com o total de habitantes dos estados e dos municípios se refere ao período de 1º de julho deste ano.

São Paulo permanece na frente como a unidade da federação com mais habitantes: 45,9 milhões de pessoas. Ano passado, a população paulista era de 45,5 milhões – um aumento de mais 380,1 milhões de pessoas. A Bahia tem 15,2 milhões de habitantes.

Estados e Municípios

O IBGE divulga hoje as estimativas das populações residentes nos 5.570 municípios brasileiros, com data de referência em 1º de julho de 2019. Estima-se que o Brasil tenha 210,1 milhões de habitantes e uma taxa de crescimento populacional de 0,79% ao ano, apresentando queda do crescimento quando comparado ao período 2017/2018, conforme a Projeção da População 2018.

O município de São Paulo continua sendo o mais populoso do país, com 12,25 milhões de habitantes, seguido pelo Rio de Janeiro (6,72 milhões de habitantes), Brasília (3,0 milhões) e Salvador (2,9 milhões). Juntos, os 17 municípios brasileiros com população superior a um milhão de pessoas somam 46,1 milhões de habitantes ou 21,9% da população do Brasil.

Serra da Saudade (MG) é o município brasileiro com a menor população, 781 habitantes, seguido de Borá (SP), com 837 habitantes, e Araguainha (MT), com 935 habitantes.

No ranking dos estados, os três mais populosos estão na região Sudeste, enquanto os cinco menos populosos estão na região Norte. O maior deles é São Paulo, com 45,9 milhões de habitantes, concentrando 21,9% da população do país. Roraima é o estado menos populoso, com 605,8 mil habitantes (0,3% da população total).

Fonte: ibge.gov.br

COMPARTILHAR