Brasil vai ter 210 mi de habitantes em junho

1798

Segundo o IBGE, população aumenta a cada 20 segundos. A Bahia se mantém na 4ª posição como o mais populoso

O Censo Demográfico de 2019, mesmo com os cortes anunciados, deverá confirmar em detalhes. Mas o simulador da população brasileira do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que aponta o aumento da população a cada 20 segundos (nascimentos menos mortes), já indicava às 12:30 de quinta-feira, 30 de maio, 209,980 milhões de brasileiros.

São Paulo, o estado mais populoso, tinha 45,9 milhões de habitantes. Minas Gerais vinha em segundo, com 21,158 milhões. O Rio de Janeiro era o 3º mais populoso, com 17,252 milhões. A Bahia tinha a 4ª maior população, com 14,868 milhões.

A surpresa é a consolidação do Paraná como o 5º estado mais populoso do país, superando o Rio Grande do Sul por pouco mais de 50 mil habitantes (parte devido ao processo migratório que tem sido de evasão de gaúchos para o Centro-Oeste, principalmente, sem vinda de brasileiros para o estado). Segundo o IBGE, o Paraná tinha 11,424 milhões de pessoas, contra 11,371 milhões do RS.

Pernambuco era o 7º em população, 9,503 milhões, à frente do Ceará, com 9,127 milhões. O Pará era o 9º estado mais populoso, com 8,596 milhões. O 10º estado era Santa Catarina, com 7,155 milhões, ligeiramente acima dos 7,072 milhões do Maranhão.

O Distrito Federal, onde fica Brasília, capital do país, tem na simulação de população 3,008 milhões de habitantes. Nos dados projetados de 2018, tinha 2,974 milhões.

Assolado pela invasão de venezuelanos, o estado de Roraima tinha a menor projeção de população;597 mil (em incluir os milhares de imigrantres). Amapá tinha a 2ª menor população, com 844 mil brasileiros.

COMPARTILHAR