Brasileiro: Bahia vence e alivia tensão

154
Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

Time Tricolor soma 3 pontos depois de 4 partidas sem vencer, mas permanece na zona de rebaixamento na 17ª colocação

A mística Tricolor entrou novamente em campo na noite de quarta-feira (13) e num jogo em que foi superior ao Corinthians por quase todos os 90 minutos, o Bahia saiu vencedor da Fonte Nova com um gol de Mena, aos 45 do 2º tempo.

Agora com 12 pontos na tabela, o Esquadrão entra no recesso do Brasileiro para a Copa do Mundo na 17ª posição. A equipe agora foca os esforços nas semifinais da Copa do Nordeste, pela qual enfrenta o Ceará, em Fortaleza, no dia 21.

O Bahia começou o jogo pressionando o Corinthians em seu campo de defesa, atuando com a marcação avançada e sem deixar o Alvinegro Paulista trocar passes no meio-campo. Com a posse de bola, o Tricolor tinha como principal opção ofensiva a chegada pelas pontas com os laterais Nino e Léo, ajudados por Élber e Zé Rafael.

As melhores chances de gol na etapa inicial estiveram nos pés de Zé Rafael, em três chutes de dentro da área, além de duas cobranças de falta, uma com Kayke e outra com Régis, que exigiram duas boas defesas do goleiro Walter. Ao Corinthians restou apenas contra-ataques, mas em nenhum deles o time paulista conseguiu finalizar com perigo para a meta de Douglas.

Segundo tempo

A equipe voltou para o 2º tempo com Mena no lugar de Élber, e logo a 4 minutos, após jogada de Régis pela direita, quase o chileno abre o placar chutando rente à trave da entrada da pequena área.

Aos 13, novamente Mena quase marcou, desta vez em cruzamento de Nino pela direita, o ala cabeceou forte e acertou a trave de Walter.

Os dois times sentiram o ritmo forte e a partida então ficou ‘morna’, sem muitos lances de perigo. Aos 31, o goleiro Douglas se contundiu e deu lugar a Anderson.

Com a defesa tricolor fazendo uma partida segura, o time tentava nos contra-ataques chegar ao triunfo e quase conseguiu em grande arrancada de Zé Rafael, que costurou a defesa e chutou forte para mais uma defesa de Walter.

Aos 45, quando o empate já era certo, o Bahia acabou premiado por sua superioridade em campo, fazendo também valer a mística de nunca desistir até o último minuto. Em contra-ataque puxado por Régis pela direita, o meia cortou para o meio e rolou para a chegada de Mena, que da entrada da área acertou uma bomba de perna esquerda, no ângulo, fazendo explodir a Fonte Nova.

O Bahia atuou com Douglas (Anderson); Nino, Tiago, Lucas Fonseca e Léo; Gregore, Élton, Régis, Zé Rafael e Elber (Mena); Kayke (Allione).

COMPARTILHAR