Brasileiro: Bahia vence o São Paulo com méritos

32
Foto: Mauricia da Matta / Gazeta Press

Atacante Rossi fez uma pintura e garantiu a vitória do Bahia que coloca o Tricolor na 15ª posição

Em jogo importante para o destino das duas equipes, o Bahia jogou melhor e bateu o São Paulo por 1 a 0, na Fonte Nova, neste domingo, 7/11, pela 30ª rodada do Brasileirão-2021. Com um golaço de Rossi, os baianos somaram três pontos e pularam para a 15ª posição. Enquanto isso, os são-paulinos perderam a chance de subir para o nono lugar, perto de uma possível zona de Copa Libertadores.

O primeiro tempo da partida começou bem equilibrado, sem um ou outro time se destacar. Aos quatro minutos, em cobrança de escanteio, Rigoni tentou pegar de primeira e a boa explodiu na zaga baiana. No rebote, os são-paulinos não conseguiram finalizar. Aos nove, porém, Orejuela lançou Gabriel Sara na esquerda, o meia dominou e bateu forte, mas Danilo Fernandes defendeu.

A partir dali, o domínio do jogo passou a ficar com o Bahia, que aumentou o volume ofensivo e quase abriu o placar algumas vezes. Primeiro com Juninho Capixaba, aos 14 minutos, em chute de fora da área que Volpi defendeu, depois com Gilberto, que pegou bem na bola, mas ela foi para fora. O Tricolor paulista tentou responder com Luciano, que se esticou todo, mas não conseguiu chegar em cruzamento de Rigoni, no que foi a última chance são-paulina no 1º tempo.

Enquanto isso, o Bahia combatia melhor e só crescia no jogo, especialmente pelas pontas. Juninho Capixaba e Nino Paraíba encontraram espaços para cruzar, mas a finalização não saía. Aos 28 minutos, o VAR viu um “pisão” de MIranda em Juninho dentro da área, mas Sávio Pereira Sampaio analisou e não deu pênalti. Dez minutos depois, Arboleda vacilou e quase deixou Gilberto na cara do gol, mas Miranda conseguiu a recuperação e evitou a finalização.

Mas ainda tinha mais Bahia: Daniel quase marcou em chute de primeira. Aos 43 minutos, Nino Paraíba cruzou para o segundo pau e Juninho Capixaba, de bicicleta, tocou para trás achando Gilberto, que cabeceou e só não marcou pelo milagre de Tiago Volpi, que evitou que o São Paulo fosse para o intervalo perdendo. Equipe de Rogério Ceni ficou no lucro nos primeiros 45 minutos.

Na volta do vestiário, Ceni tirou Orejuela e Reinaldo para colocar Shaylon e Welington, no entanto pouca coisa mudou nos primeiros minutos da segunda etapa. Aos sete, Luciano tentou finalizar, mas foi travado. Em seguida, o Bahia fez boa jogada e Gilberto quase marcou em bonita finalização, que foi para escanteio. No rebote da cobrança, Nino Paraíba tentou pegar de primeira, mas um desvio no caminho levou a um novo escanteio para o time da casa.

Enquanto o São Paulo tentava mexer colocando Calleri no lugar de Luciano, o Bahia aumentava sua pressão no campo ofensivo. O São Paulo ainda tentou chegar em cabeceio de Rigoni em cruzamento de Benítez, mas a bola foi por cima do gol. Guto Ferreira, então, resolveu trocar três jogadores de uma vez. Rodriguinho, Rodallega e Luizão entraram aos 30 minutos do segundo tempo.

Aos 31, após cobrança de falta, Tiago Volpi socou a bola para longe, mas ela sobrou para Rossi, sozinho, do outro lado da área. O atacante, que estava há dois meses afastado por lesão, finalizou colocado, no ângulo do goleiro são-paulino e marcou um golaço para colocar os baianos em vantagem no placar de forma merecida, já que o adversário tinha dificuldade de levar perigo.

Sem conseguir fazer muita coisa quando o placar estava 0 a 0, o São Paulo ficou ainda mais abalado quando levou o gol e precisou aumentar sua presença no campo ofensivo. Aos 45 minutos, Benítez tentou um chute no ângulo, de fora da área, mas Danilo Fernandes foi buscar e evitou o que seria o empate. Essa foi a última oportunidade da partida, que terminou em 1 a 0, com o Tricolor perdendo o jogo e chance de subir muitas posições na tabela.

Com o resultado, o São Paulo fica com 39 pontos na 15ª colocação, enquanto o Bahia vai a 36 e pula para o 13º lugar, seis pontos à frente do Z4. Na próxima rodada, o Tricolor paulista vai até o Ceará para enfrentar o Fortaleza, na quarta-feira, às 21h30. Já o Tricolor baiano vai para o Maracanã enfrentar o Flamengo, na quinta, às 19h. Ambos os jogos válidos pela 31ª rodada do Brasileirão-2021.

Ficha Técnica

Bahia 1 x 0 São Paulo

Local: Arena Fonte Nova, em Salvador (BA)

Data-Hora: 7/11/2021 – 18h15

Árbitro: Savio Pereira Sampaio (DF)

Assistentes: Daniel Henrique da Silva Andrade (DF) e José Reinaldo Nascimento Junior (DF)

VAR: Wagner Reway (PB)

Público/renda: 18.178 pagantes/R$ 467.457,00

Cartões amarelos: Patrick de Lucca (BAH) Liziero e Rigoni (SAO)

Gols: Rossi (31’/2ºT) (1-0)

Bahia: Danilo Fernandes; Nino Paraíba, Conti, Luiz Otávio e Matheus Bahia; Patrick de Lucca (Raniele, aos 38’/2ºT) e Daniel (Rodriguinho, aos 30’/2ºT); Raí Nascimento (Rossi, aos 26’/2ºT), Lucas Mugni (Luizão, aos 30’/2ºT) e Juninho Capixaba; Gilberto (Rodallega, aos 30/2ºT). Técnico: Guto Ferreira.

São Paulo: Tiago Volpi; Miranda, Arboleda e Léo (Rodrigo Nestor, aos 43’/2ºT); Orejuela (Shaylon, no intervalo), Liziero, Igor Gomes, Gabriel Sara (Benítez, aos 24’/2ºT) e Reinaldo (Welington, no intervalo); Rigoni e Luciano (Calleri, aos 19’/2ºT). Técnico: Rogério Ceni.

COMPARTILHAR