Brasileiro: Vitória faz tempo eficaz e ganha do Paraná

402

Com resultados de momento, o Rubro-Nego subiu para a 16ª posição enquanto o Tricolor da Vila Capanema não conseguiu incomodar o grupo dos quatro primeiros. 

Com o torcedor fazendo a parte na arquibancada, o Vitória também fez o que devia no jogo deste sábado, 10, pela Série B frente ao Paraná no estádio Manoel Barradas.

Com gols do estreante Jordy Caicedo e do até então bastante criticado Wesley, o Leão superou a equipe paranaense por 2 a 0 e terá a sensação deixar momentaneamente a zona de rebaixamento com a 16ª colocação e os 14 pontos. O Vitória ao Z4 se o América Mineiro empatar ou o Guarani vencer. O Paraná, com 23 pontos e em 8°, não aproveitou a oportunidade de chegar ao G4 da competição.

Goleiro

Nos primeiros 10 minutos os donos da casa fizeram uma espécie de “Blitz” para tentar rapidamente abrir a conta e levou perigo com Chiquinho além do chute de Felipe Gedoz fazer o arqueiro Thiago Rodrigues trabalhar.

Todavia, a primeira chance real de gol surgiu quando o lateral-esquerdo Guilherme Santos mandou para a área e o zagueiro Ramon, dando uma de atacante, acertou um sem-pulo bonito de pé esquerdo que obrigou o arqueiro uruguaio Martín Fernández a operar um verdadeiro milagre em Salvador aos 13.

Pela primeira vez jogando como titular, o atacante equatoriano Jordy Caicedo ganhou um verdadeiro “presente” aos 25 minutos após cruzamento feito pelo lateral-esquerdo Capa. Após a bola desviar na zaga paranista, o camisa 7 dominou e bateu forte, cruzado, dando poucas possibilidades de reação para Thiago Rodrigues. Festa do torcedor do Vitória que compareceu em bom número ao Manuel Barradas.

Aperto

A zaga do Paraná demonstrou insegurança para sair jogando e Anselmo Ramon, próximo ao zagueiro Eduardo Bauermann, roubou bem a bola já na lateral esquerda da grande área e, depois de cortar a marcação, cruzou para Wesley cabecear e Thiago Rodrigues fazer defesa parcial. Como a bola ainda ficou quase que em cima da linha, o atacante vindo da base do Leão foi com tudo para empurrar e fazer o segundo do Rubro-Negro.

Se na etapa inicial ele colocou a bola na área para Ramon concluir, dessa vez ele mesmo se infiltrou dentro da zona de finalização e cabeceou com certa liberdade. Porém, faltou direcionar melhor e viu sua chance ir pela linha de fundo.

Na convicção

Diferente da postura mais “atirada” aplicada na parte inicial, o Leão recuou mais suas linhas e estava notoriamente sendo mais precavido para aproveitar os contra-ataques.

Apesar do natural avanço dos visitantes em busca de melhorar o cenário, a saída pro ataque do Leão era rápida, mas muito imprecisa, conseguindo apenas um lance realmente agudo quando Eron acertou bonito chute que carimbou o travessão paranista.

Vontade

Claramente com a posse de bola e as ações ofensivas mais volumosas do segundo tempo, o time de Matheus Costa pecava no momento de finalizar. Com isso, mesmo não tendo o Vitória sido presente como poderia para equilibrar as ações, tampouco a meta de Martín Rodríguez era ameaçada de maneira mais intensa e o placar de 2 a 0 não se alterou.

Ficha Técnica

Vitória 2 x 0 Paraná

Local: Estádio Manoel Barradas, em Salvador (BA)

Data: 10 de agosto de 2019, sábado

Horário: 19 horas (de Brasília)

Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ)

Assistentes: Silbert Faria Sisquim (RJ) e Carlos Henrique Alves de Lima Filho (RJ)

Cartões amarelos: Matheus Rocha e Eron (VIT). Guilherme Santos (PAR)

Gols: Caicedo aos 25 e Wesley aos 39 minutos do 1ºT.

Vitória: Martin Rodríguez, Matheus Rocha, Ramon, Everton Sena e Capa (Chiquinho); Baraka, Felipe Gedoz (Gabriel Bispo), Caicedo, Wesley e Lucas Cândido; Anselmo Ramon (Eron). Técnico: Carlos Amadeu

Paraná: Thiago Rodrigues; Léo Príncipe, Eduardo Bauermann, Rodolfo e Guilherme Santos; Luiz Otávio (Luan), Fernando Neto, João Pedro, Rodrigo Porto e Caio Monteiro (Alesson); Ramon (Rafael Furtado). Técnico: Matheus Costa

COMPARTILHAR