Brasileiro: Vitória tem retorno de artilheiro mas perdeu lateral

675
Foto: Assessoria EC VItória

O dia seguinte ao empate com o Sport foi movimentado para os atletas do Vitória ainda em solo pernambucano. Aqueles que iniciaram o jogo na Ilha do Retiro, em Recife, ficaram com o preparador físico Daniel Azambuja e foram submetidos a uma atividade regenerativa na área piscina do Grand Mercure Hotel.

Os demais pegaram a estrada e foram ao município de Paulista, Região Metropolitana de Recife, onde treinaram no campo 2 do CT do Sport.

Os goleiros Ronaldo e João Gabriel, mais Rhayner, Maurício, Aderllan, Eron, Fabiano, Yago, Fillipe Soutto, Neílton, Lucas e Rodrigo Andrade, sob sol escaldante, se movimentaram inicialmente no aquecimento com Lucas Itaberaba.

Depois, realizaram um treino de transição dentro de um quadrado marcado com cones e concluíram as atividades com um joguinho em campo reduzido, comandados pelo técnico João Burse.

A preparação para a partida de amanhã (17) com o Atlético Paranaense, às 18h (horário em Salvador), no Manoel Barradas, será completada nesta sexta-feira (16) à tarde no CT Manoel Pontes Tanajura. A concentração terá início em seguida.

Uma empate pode significar eliminação das chances da permanência no Brasileiro em 2019. O Vitória é 18º colocado com 36 pontos faltando 4 rodadas. O rubro-negro não vence há 5 partidas e precisa fazer ao menos 9 pontos nas que restam.

Para o jogo diante dos paranaenses, o técnico João Burse perdeu o lateral esquerdo argentino Benítez, com três cartões amarelos. O atacante Léo Ceará, que cumpriu suspensão no jogo passado, está à disposição.

O atacante Rogério, que atuou no Rubro-Negro, esteve em tratamento no CT e aproveitou para conversar com Rhayner, ex-companheiro no Vitória e no Náutico, e com o supervisor Mário Silva.

COMPARTILHAR