Brasileiro: Vitória tenta diminuir crise no BaVi

496
Foto: Assessoria EC Vitoria

Com mais um treino tático e de bola parada, João Burse finalizou a preparação no sábado (10) no CT Manoel Pontes Tanajura, para a disputa do clássico Ba-Vi, neste domingo (11), às 16h (de Salvador), no estádio Manoel Barradas, pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Na 18ª com 34 pontos, o Vitória tenta diminuir a crise instalada pela gestão Ricardo David e, somente se vencer, pode deixar a zona de rebaixamento do Brasileiro, torcendo para o Ceará perder para o Internacional, em Fortaleza, e o Sport não ganhar do Fluminense, essa no Rio de Janeiro.

Também este ano o Rubro-Negro não ganhou um clássico. Em 4 partidas foram 4 derrotas: 0 x 3 (esse o jogo da vergonha da diretoria e o técnico Mancini, que combinaram que um jogador cairia em campo), 2 x 1, 0 x 1 e 4 x 1. Ou seja, sofreu 10 gols e fez apenas 2. Duas partidas foram em casa e duas na Fonte Nova.

Nova era

Desde terça-feira quando foi efetivado no comando do time, Burse trabalhou exaustivamente a parte tática. Experimentou formações, procurou aplicar seus conceitos e chega à véspera do jogo confiante.

Burse iniciou o sábado com uma conversa rápida com os atletas, explicando o treinamento que faria após o aquecimento com o preparador físico Daniel Azambuja. No campo 1 do CT, formou dois times e realizou a movimentação tática. Completou as atividades com bola parada ofensiva e defensiva.

Para os atletas que não foram relacionados e mais alguns definidos pela comissão técnica, o dia finalizou com um treino em espaço reduzido no campo 2 do CT.

No jogo deste domingo, o time terá à disposição o zagueiro Lucas Ribeiro, que cumpriu suspensão de três cartões amarelos. Os zagueiros Ruan Renato e Aderllan, e mais o atacante Rhayner, suspensos, estão afastados.

A concentração começou durante o almoço na chácara Vidigal Guimarães.

COMPARTILHAR