Brasileiro: Vitória tenta esquecer mais uma derrota

579

Os jogadores rubro-negros se reapresentaram na sexta-feira (20), e tentam virar a chave para o clássico BA-VI neste domingo (22), às 16h (horário de Salvador), na Fonte Nova. No primeiro turno, no Manoel Barradas, ocorreu empate por 0 a 0.

Após o habitual bate-papo de Vagner Mancini com o grupo, analisando o jogo do dia anterior (a derrota em casa para o Atlético Paranaense por 3 a 2) e projetando o clássico, foi iniciado o trabalho no Centro de Treinamento Manoel Pontes Tanajura.

Quem iniciou o jogo – exceto o goleiro Caique – saiu do campo para o vestiário e participou de um regenerativo passivo: crioterapia, massagem, hidromassagem e bota de compressão pneumática, com a supervisão do preparador físico Lucas Itaberaba.  Caique, por sua vez, treinou com Washington Rufino, preparador de goleiros.

Os demais atletas continuaram no campo e, após aquecimento comandado por Lucas Penha, o técnico Mancini dividiu os jogadores em três equipes de cinco componentes e realizou uma atividade com joguinhos.

Ainda em recuperação de uma sinovite no joelho, o zagueiro Kanu fez um treino individualizado com Lucas Penha.

Neste sábado (21), pela manhã, Mancini comandará um treino tático para ajustar o time em relação ao próximo compromisso. Depois, os jogadores iniciarão a concentração na chácara Vidigal Guimarães.

Arbitragem

Árbitro carioca, Marcelo de Lima Henrique apitará o segundo jogo do Vitória no atual Brasileiro amanhã (22), contra o Bahia, na Fonte Nova. Marcelo apitou o jogo do rubro-negro diante da Chapecoense, no primeiro turno, no Barradão.

Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ-CBF)

Assistente 1: Michael Correia (RJ-CBF)

Assistente 2: Silbert Faria Sisquim (RJ-CBF)

Quarto Árbitro: Carlos Henrique Alves de Lima (RJ-CBF)

Assistente Adicional 1: Leonardo Garcia Cavaleiros (CBF-RJ)

Assistente Adicional 2: Carlos Eduardo Nunes Braga (RJ-CBF)

COMPARTILHAR