Brasileiro: Vitória vence na despedida da Série B

218
Foto Arquivo

O time Rubro-Negro teve as melhores chances no jogo, mas contou com um erro defensivo do Brasil para conseguir sair com vitória de Pelotas

Em um dos jogos sem objetivos nesta última rodada da Série B, Brasil de Pelotas e Vitória mediram forças, no Bento de Freitas. Time que deu mais perigo na maior parte do jogo, o Rubro-Negro baiano venceu por 1 a 0 onde contou com um erro defensivo do Xavante para sair com o êxito do Sul.

O Vitória chegou aos 48 pontos e termina a Série B na 14ª colocação, um ponto a menos e duas posições abaixo do próprio Brasil de Pelotas, que encerrou a competição nacional com 11 vitórias e 11 derrotas em 38 rodadas.

Aos sete minutos de jogo, o Brasil de Pelotas teve a primeira chance com Dellatorre. O atacante recebeu na área, chutou e viu Yuri salvar o Vitória. No minuto seguinte, o Xavante até balançou as redes em um voleio de Matheuzinho, porém a arbitragem assinalou o impedimento.

No mesmo minuto, Junior Viçosa respondeu para o Vitória ao emendar uma bicicleta. Matheus Nogueira conseguiu segurar bem a bola. Aos nove minutos, Bruno José invadiu a área e chutou assustando o Rubro-Negro baiano.

O Vitória teve mais três chances entre os 12 e 15 minutos com Ruan Nascimento, Dudu e Alisson Farias, mas no trio de oportunidades Matheus Nogueira apareceu para evitar o gol.

A equipe baiana seguia firme no ataque em busca do gol e trabalhava melhor a bola rumo ao seu objetivo. O Brasil tentava se defender como podia e tentava o contra-ataque rápido para responder os adversários. Na organização de jogo, o Xavante encontrava dificuldade.

Aos 38 minutos de jogo, a partida ‘esfriou’ obrigatoriamente depois que dois refletores do Bento de Freitas sofreram um apagão. Pouco mais de 20 minutos depois, as torres de iluminação se reacenderam por inteiro e a bola voltou a rolar em Pelotas.

Com a bola rolando, os jogadores não voltaram no ritmo e o árbitro encerrou o primeiro tempo com o placar zerado.

O Vitória teve a oportunidade de marcar logo no comecinho do segundo tempo com Pedrinho, que entrou no intervalo. O jogador recebeu e chutou, Matheus Nogueira defendeu, na sequência Gerson Magrão pegou o rebote e viu o goleiro Xavante brilhar novamente.

Mas assim como quase marcou, o Vitória quase entregou a paçoca. Mateus Moraes recuou na fogueira para o goleiro Yuri, que foi obrigado a chutar de qualquer jeito para a lateral.

A zaga do Brasil de Pelotas saiu perigosamente com Diego Ivo tocando por cima para Pablo, que tinha dois minutos em campo. O volante perdeu a bola e na sequência Samuel, que também tinha acabado de entrar, chutou de fora da área para abrir o placar.

Aos 33 minutos, o zagueiro Héverton arriscou de longe. A bola passou tirando tinta e assustou Yuri. Dois minutos mais tarde, o Brasil de Pelotas teve escanteio para cobrar e acertou o travessão do Vitória.

Ficha Técnica

Brasil de Pelotas 0 x 1 Vitória

Estádio: Bento de Freitas, em Pelotas (RS)

Data: 29 de janeiro de 2021, às 21h30

Árbitro: Caio Max Augusto Vieira (RN)

Assistentes: Jean Marcio dos Santos (RN) e Vinicius Melo de Lima (RN)

Cartões amarelos: Diego Ivo e Bruno Matias (BRA) / Gabriel Santiago, Pedrinho e Gerson Magrão (VIT)

Gol: Samuel, 25’/2ºT (0-1)

Brasil de Pelotas: Matheus Nogueira; Rodrigo Ferreira, Héverton, Diego Ivo e Mateus Mendes; Gustavo Cazonatti (Pablo, aos 22’/2ºT), Bruno Matias (Rafael Vinícius, aos 22’/2ºT), Matheus Oliveira; Bruno José, Dellatorre e Matheusinho (Luiz Felipe, aos 42’/2ºT). Técnico: Cláudio Tencati

Vitória: Yuri; Leandro Silva, Mateus Moraes, Maurício Ramos e Leocovick; Gerson Magrão, Gabriel Santiago (Soares, aos 15’/2ºT) e Dudu (Mateus Tenório, aos 21’/2ºT); Alisson Farias (Pedrinho, no intervalo) e Júnior Viçosa (Samuel, no intervalo) e Ruan Nascimento. Técnico: Rodrigo Chagas.

COMPARTILHAR