Caixa abre 680 agências hoje para pagar o auxílio de R$ 600

443
Foto: José Cruz / EBC

A Caixa orienta que não precisa madrugar nas filas; os clientes que chegaram dentro do horário serão atendidos

Neste sábado, 9/05, 680 agências da Caixa Econômica Federal em todo o País estarão abertas para atender beneficiários que vão fazer saque em espécie do Auxílio Emergencial de R$ 600 pela poupança social digital das 8h às 12h.

A lista com as unidades em atendimento está disponível no site da Caixa ou neste link http://www.caixa.gov.br/Paginas/home-caixa.aspx?

Nos municípios que contam com mais de uma agência, o banco abrirá 50% das unidades. Também estarão funcionando as unidades das cidades que contam com apenas uma agência.

A Caixa alertou que não é preciso madrugar nas filas. Todas as pessoas que chegarem às agências durante o horário de funcionamento serão atendidas. Mesmo com as unidades fechando às 12h, o atendimento continua até o último cliente do dia.

“Reforço para a população, não há nenhuma necessidade de chegar tão cedo em nenhuma agência da Caixa. Asseguramos que todas as pessoas que comparecerem às agências serão atendidas no mesmo dia”, disse o vice-presidente da rede de varejo, Paulo Henrique Ângelo.

Redução das filas

Paulo Henrique Ângelo disse que houve uma expressiva redução das filas nas agências da Caixa. Em entrevista coletiva para apresentar um balanço sobre o pagamento do Auxílio Emergencial, ele mostrou exemplos de agências que pouco após as 8h de sexta-feira já estavam sem filas externas.

“Observamos dia após dia redução expressiva das filas. Essa realidade que observamos é a prova de que as medidas que a Caixa vem implementando foram efetivas”, disse Paulo Henrique, que esteve em Manaus na sexta-feira, 8, onde acompanha a movimentação nas agências do estado. O presidente da Caixa, Pedro Guimarães, visita o estado de Minas Gerais.

Entre a medidas implementadas, estão a ampliação da capacidade de atendimento nas agências com a realocação de mais de três mil funcionários, além da contratação adicional de 4.800 vigilantes e quase 900 recepcionistas para organizar as filas e orientar o público.

“Estamos numa operação complexa que é sem precedentes na história. A adoção de medidas efetivas para a redução das filas, como a antecipação em duas horas da abertura das agências da Caixa, fizemos parcerias com a prefeituras, temos implementado melhorias contínuas no fluxo, no aplicativo Caixa Tem”, acrescentou o vice-presidente da rede de varejo Paulo Henrique.

Fonte: gov.br

COMPARTILHAR