Candeias: Assistente social contrai covid-19 e denuncia descaso da Sedas

9552
Mariana Farias, Assistente Social / Candeias/BA

Na data em que se comemora o Dia da Assistência Social, uma profissional da área fez uma séria e grave denúncia contra a administração municipal de Candeias, na Região Metropolitana a 46 km de Salvador, depois de testar positivo para o coronavírus sendo um dos 80 na cidade.

Segundo a postagem no Instagram, Marina Farias, assistente social lotada na Secretaria de Desenvolvimento e Assistência Social há dois anos, ela recebeu a confirmação depois de fazer o exame, o que a deixou com um “misto de medo e tristeza”.

De acordo com o texto, ela já esperava esse resultado em razão da falta de zelo da Secretaria com os funcionários nesta pandemia, pois falta, no CRAS (Centro de Referência de Assistência Social) “sabão para lavar as mãos’. Álcool em gel e as máscaras nunca chegaram, afirma.

Num dia desses, afirma Mariana, “postou uma foto com EPI’s de cabeça aos pés, mas foi uma única vez”. Em ano eleitoral, íamos entregar cesta – acrescenta – e a foto não poderia ser sem equipamentos”.

Mariana Farias informa, que é mãe de um menino de 3 anos, está de quarentena e não sabe se volta para trabalhar, pois é Reda (Regime Especial de Direito Administrativo) e, ainda de acordo com ela, por muito menos uma colega foi exonerada.

“Na faculdade (a mesma que cursou a secretária de Saúde, de Assistência Social e mulher do prefeito, que é médico), diz ainda a funcionária, que Serviço Social é de luta, só não sabia que, além da luta por direitos, pela efetivação do projeto ético político e por melhores condições de trabalho de trabalho”.

Finalizando, Maria Farias diz que não sabia que teria que lutar também pela vida, que vem sendo negligenciada, e falava em nome de vários colegas de profissão, infelizmente.

Postagem…

COMPARTILHAR