Candeias: Câmara decide afastar prefeito por 90 dias

224
Foto: Câmara Municipal de Candeias (BA)

Decisão por 9 votos 8 atende pedido do cidadão Marcelo Vilas Boas sobre denúncias de contratos com alugueis de veículos, contratação de carro de som, o caso da preparação do corpo de um natimorto no Hospital José Mário dos Santos (Ouro Negro) e suposto superfaturamento na compra de respiradores para atender casos mais graves de covid-19.

O prefeito Pitagoras Ibiapina (PP) vai ser afastado preventivamente por 90 dias.

A suspeita é que a gestão pagou R$ 175 mil por cada um dos 8 ventiladores adquiridos, sendo que a Prefeitura de Salvador teria comprado equipamentos do mesmo tipo pelo preço unitário de R$ 32 mil. A denúncia chegou ao órgão após ser apresentada na Câmara Municipal por um morador.

Outra fundamentação seria a tentativa de obstrução da investigação ao não receber o oficial da Câmara Municipal por 3 vezes, inclusive, por hora certa, no dia de ontem.

Uma Comissão Processante, composta pelos vereadores Fernando Calmon, Gerson Conceição e Maria Rita, fica encarregada de analisar a fundamentação das denúncias apresentadas pelo eleitor.

A vice-prefeita Márcia Gomes (PSDB) pode assumir a qualquer momento.

Foto Plenário da Câmara hoje, 9/07:

 

COMPARTILHAR