Candeias: Câmara vira palco de agressão física de vereador contra procurador

573
Marcelo Ferraz à esquerda e e Sílvio Corrêa a direita

A sessão da Câmara de Candeias, cidade na Região Metropolitana a 46 km de Salvador, onde normalmente os ânimos se exaltam em razão de discussões políticas, foi palco hoje, 11, de um incidente lamentável.

O vereador Silvio Correia, do PV, deferiu um soco no procurador da Câmara, o advogado Marcelo Ferraz, quando conversavam aparentemente amistosamente.

De acordo com pessoas próximas, o papo parecia tranquilo quando de repente os ânimos ficaram exaltados e aí os dois começaram a discutir.

O vereador, ainda segundo testemunhas, partiu para agredir fisicamente o funcionário do Legislativo, porque, segundo informações preliminares, teria orientado o edil a não impetrar uma ação, o que irritou o Sílvio Correa.

Depois da agressão, os outros vereadores e a imprensa separaram os dois.

O procurador da Câmara, Marcelo Ferraz, esteve na 20ª DT (Delegacia Territorial) para prestar queixa para que a agressão ser investigada.

A Presidência da Câmara, por meio da Assessoria de Comunicação, se manifestou em nota oficial informando que aguarda o momento adequado para se posicionar, mas lamentou os fatos.

Especialistas ouvidos, admitem que o vereador que é da base com maioria na casa e foi candidato a presidente da Câmara, pode ser investigado em Comissão Parlamentar para apurar violação de decoro, que vai de abolsovição, advertência a cassação de mandato.

Comunicado Oficial

A Câmara Municipal de Candeias, vem através desta, manifestar-se sobre o fato ocorrido durante a sessão realizada na manhã desta terça-feira (11) envolvendo o Vereador Silvio Correia e um funcionário da Casa.

Ciente da necessária imparcialidade para providências futuras que se fizerem essenciais, o Legislativo Candeense informa que, em respeito à população, aguarda o momento oportuno para análise dos fatos e manifestação institucional, além de lamentar o ocorrido.

COMPARTILHAR