Candeias: Caminhada pede paz

225
Foto: Uilson Victor (Madre Notícias)

A cidade registrou 56 homicídios em 2020 e este ano outras 5 pessoas foram assassinadas

Familiares, parentes e amigos do ex-vereador André Ferreira de Araújo, conhecido como Júnior CCA, de Candeias, na Região Metropolitana a 46 km de Salvador, participaram de uma caminhada pela paz na tarde deste sábado, 6/2, pelas ruas da cidade. O edil foi morto no último dia 24 de janeiro, vítima de disparos de arma de fogo.

O movimento foi acompanhando pela comunidade de vida da Igreja Católica, “Combatentes na Fé” e dos “Timbaleiros de Cristo”, da Fundação Doutor Jesus, do deputado federal Pastor Sargento Isidório (Avante). Aproximadamente 100 pessoas participaram da manifestação. A vice-prefeita do município, Marivalda da Silva (PT), integrou o grupo de manifestantes.

Ainda na concentração, na Praça Irmã Dulce, foi rezado o Pai Nosso e lidos versículos bíblicos. Em seguida, a manifestantes passaram pela Avenida Antônio Paterson, Ruas 21 de Abril e 13 de Maio, Praça Doutor Gualberto Dantas. O ato foi encerrado no Largo da Igreja Matriz Nossa Senhora das Candeias, onde bolas brancas foram lançadas ao vento simbolizando a paz.

CIPM

Enquanto o Comando da 10ª CIPM (Companhia Independente da Polícia Militar), com sede na cidade e jurisdição também Madre de Deus, São Francisco do Conde e São Sebastião do Passé, não mede esforços para apreender motocicletas e automóveis por quaisquer irregularidades, Candeias registra um assassinado a cada seis dias.

Para as blitz, que devem ser realizadas, mas sem a intensidade como ocorre em Candeias onde até por falta de capacete o major Washington, comandante da 10ª CIPM, determina a apreensão de uma motocicleta, as mortes violentas se intensificam, e não faltam efetivo, material nem viaturas.

Nos últimos 90 dias dois políticos foram assassinados na cidade. O pré-candidato Quinho foi morto próximo à eleição, no Bairro do Malembá e este ano, no Sarandi, houve brutal assassinato do vereador Júnior CCA.

COMPARTILHAR