Candeias: Caos em escola balança estrutura no Palácio Ouro Negro

44

Um vídeo recentemente gravado pelas vereadoras Amiga Ju e Tânia Batista (DEM) e divulgado hoje, 18/5, pelas redes sociais, mostrou o abandono e caos na Educação da cidade de Candeias, na Região Metropolitana de Salvador, de R$ 33 milhões por mês e que ainda tem mais R$ 125 mi do Fundeb (Fundo de Desenvolvimento da Educação Básica), ex-Fundef, nos bancos.

Com cenas estarrecedoras e inacreditáveis para quem anunciou que as aulas estavam próximas a começar, o estado caótico da Escola Julieta Viana, no Bairro da Areia, com um estabelecimento sucateado, equipamentos e instrumentos abandonados.

A secretária de Educação, Fidélia Gomes, que tem o apoio e indicação da Aspecan (Associação dos Profissionais de Educação de Candeias), assiste o descaso inerte e em silêncio.

Imediatamente após a circulação do vídeo nas redes sociais, prepostos do Palácio do Caos (ex-Ouro Negro) compareceram à unidade escolar para constatar o abandono da gestão que eles participam. Ficaram atônitos, estarrecidos e envergonhados.

Enquanto isso, o prefeito, a prefeita ad hoc, o secretário manda chuva, Igor Oliveira (indicação de Jackson e Jéferson Andrade, íntimos do casal) e o secretário que manda nas finanças, Camilo Pinto, que somente suga o dinheiro dos candeenses sem gerar emprego nem renda para os cidadãos e cidadãs, mantêm R# 300 milhões em contas bancárias para render mais e mais, a educação, a saúde e a população estão “abandonados sem pena” pelo “passador de receitas”, segundo um dos assessores, e todos sabiam que ‘água e óleo’ não podem se misturar.

O gestor responde a dezenas de inquéritos nos MPs e dezenas de processos judiciais que precisam deixar de hibernar nas gavetas porque, segundo Rui Barbosa: “A justiça atrasada não é justiça; senão injustiça qualificada e manifesta”.

Ironicamente, no slogan da placa da obra parada da Prefeitura consta: Candeias, Minha Cidade, Meu Orgulho. Que vergonha!!!

COMPARTILHAR